segunda-feira, 4 de outubro de 2010

Beijú -


A minha irmã veio visitar-me e trouxe algumas receitas a primeira de Beijú de São Salvador da Bahia...

Receita optima e sem nenhum segredo.

A massa é muito simples de fazer:


Ingredientes:
uma chávena de chá de polvilho doce
uma pitada de sal .

Modo de fazer:
Humedeça o polvilho com colheres de água para fazer uma farofa húmida. Se colocar muita água, a massa fica como se estivesse derretendo, ai é só colocar mais um pouco de polvilho. Depois de "esfarofado" passe por uma peneira.
Coloque numa frigideira quente umas 2 ou 3 colheradas e espalhe um pouco
Deixe o fogo baixo para não queimar e vire tipo panquecas (crepes).

Recheio com a massa ainda quente. Pode ser coco ralado adoçado, ou então queijo mussarela e fiambre... Eu comi sem nada... YNHAMIIIIIIII!!!!!

3 comentários:

ameixa seca disse...

É tipo tapioca né? Adoro com queijo :)

B. V. disse...

Ola, convido-te a participares no meu passatempo.
bj

João Batista de Lacerda disse...

(((Tal qual os animais irracionais, nossos ancestrais não faziam uso do sal e do açúcar, dois inimigos do fígado, portanto eram imunes a qualquer tipo de doença.

Se passarmos a cozinhar tudo só no óleo, veremos que: carne, arroz, feijão, não são tão desagradáveis como imaginamos.

Cereais são carboidratos (açúcar), e frutas são mananciais de açúcar.

Portanto, evite frutas e coma o mínimo de cereal, dando preferência aos legumes e verduras.

Se seguirmos estas recomendações, as doenças serão milagrosamente curadas, pois o fígado poderá executar plenamente todas as suas funções!

Isso não é milagre, nem intervenção divina, é simplesmente obediência aos desígnios de Deus.

Ao aceitarmos como definitivo o que a ciência e a sociedade estabeleceram, nos colocamos como cúmplices de um sistema ultrapassado e falido que o "Deus Dinheiro" estabeleceu neste planeta.

Devemos ser nutritivamente tão primitivos quanto nossos ancestrais, mas com um grande diferencial, ou seja, o fogão e o liquidificador! (22/10/10) )))

Isso é uma pequena amostra do blog:

http://blogs.abril.com.br/oconsoladordejesuscristo