quarta-feira, 30 de dezembro de 2009

Peixe frito temperado com canela

Chef Alex com Ana Maria Braga

Mais Você
Mistura de sabores:

Canela Azeite e Limão

Bacalhau escondidinho



Ingredientes :

800 g de bacalhau demolhado e desfiado
50 ml de azeite extra virgem
150 g de azeitonas pretas sem caroço
4 dentes de alho picadinhos
galhos de alecrim fresco q.b.
1 pimento vermelho (em rodelas)
1 pimento verde (em rodelas)
1 kg batatas grandes cortadas em rodelas finas
1 cebola cortada em rodelas
pimenta moída na hora q.b.
Salsa q.b.
cebolinho q.b.
sal q.b.

Modo de fazer:


Numa tacho coloque o azeite e refogue a cebola.
Junte o bacalhau, a pimenta, as azeitonas pretas picadas, a salsa picada e o cebolinho picado
Refogue por alguns minutos, reserve.

Num alguidar coloque metade das batatas grandes cortadas em rodelas finas, os dentes de alho picados, o alecrim, o sal, misture e reserve.

Num pirex grande untado com azeite coloque a outra metade das batatas, metade do bacalhau refogado, metade da cebola cortada em rodelas, o pimento vermelho , o pimento verde. Manter a ordem dos ingredientes para ao servir ficar em camadas coloridas.
Termine com o conteúdo do alguidar, decore com as batatas em escama.

Regue com azeite e coloque mais alecrim. Leve ao forno pré-aquecido a 180º por 1 hora.
Sirva com saladas verdes.

Borrego no forno com batatas douradas


Ingredientes:

1/2 borrego (carneiro pequeno)

6 dentes de alho
6 colheres de sopa de azeite extra virgem
1/2 chávena de sumo de 1 limão
1 1/2 chávena de água
1 molho de hortelã
1 colher de sopa de oregãos
1 colher de chá de tomilho
sal q.b.
pimenta preta moída no momento q.b.
1 kg de batatas novas e pequenas
1 kg de cenouras baby´s

Modo de fazer:

No talho peça para darem alguns golpes na peça.
O borrego deve estar limpo das gorduras e do sebo.
Tempere com sal, com a pimenta e metade das ervas passadas pelo pilão.
Reserve.

Coloque os dentes de alho nos golpes por todo o borrego.
Coloque o borrego no tabuleiro e juntamente as batatinhas descascadas e temperadas com sal, a volta da carne por fim reque com o sumo de limão e o azeite.
Nos cantos do tabuleiro coloque a água.
Leve a forno previamente aquecido a 190ºC durante 30 minutos, vire a carne e regue com o caldo do fundo do tabuleiro e mexa as batatas para que assem uniformemente. Em seguida deixe mais uma hora no forno a temperatura de 160ºC.
Depois de terminar a assadura, vire a peça ao contrário, ponha mais azeite, água, tempere com sal e pimenta e as restantes ervas, coloque as cenouras no tabuleiro.
Volte a levar ao forno à temperatura de 190ºC durante 30 minutos.
Sirva quando estiver dourado e macio e caramelizado.
Veja aqui outra receita

segunda-feira, 28 de dezembro de 2009

Molhos para as saladas do Reveillon

Ingredientes para a vinagrete:
1 colher de sopa de mostarda eu prefiro a do tipo Dijon
1/4 de chávena de chá de vinagre balsâmico
1 chávena de chá de azeite extra virgem
sal q.b
pimenta q.b

Modo de fazer:
Coloque todos os ingredientes num frasco de vidro com tampa, e bata tipo coquetel, até misturar bem todos os ingredientes e até obter um molho emulsionado e homogenio. Tempere a salada na travessa ou no próprio prato

Ingredientes molho de iogurte:
1 boião de iogurte natural (logicamente sem açúcar)
1 colher de chá de orégão
1 colher de chá de vinagre balsâmico ou limão 1 colher de chá azeite
sal q.b
pimenta moída no momento q.b

Modo de fazer:
Coloque todos os ingredientes numa taça e misture tudo. Tempere a salada na travessa ou no próprio prato

Salada de Lentilha para o Reveillon

Lentilha
Em várias regiões do mundo é esse o alimento que traz fortuna. Como as ervilhas, as lentilhas também evocam morte e renascimento, do grão enterrado na terra renascem múltiplos grãos. As lentilhas são grãos considerados sagrados. Citadas no Gênesis, no episódio em que Esaú e Jacó negociam o direito de comer primeiro um prato de sopa feito de lentilhas, que trazem a simbologia da renovação e do renascimento para o novo ano

Ingredientes para a salada:
250 g de lentilha demolhada por 3 horas
1 cebola grande
2/3 de chávena de chá de amêndoas, laminadas
3 colheres de sopa de hortelã picada
1 colher de café de cominho em pó

Modo de fazer:
Cozinhe a lentilha em bastante água como se fosse massa (atenção a lentilha cozinha em 15 minutos).
Escorra imediatamente e passe por água fria. Deixe escorrer toda a água.
Pique a cebola em cubos médios. Leve ao fogo bem baixo num tacho com uma colher de água por meia hora, até a cebola estar caramelizada. Reserve.
Passe as laminas da ameando pela frigideira para dourarem. Em seguida, misture todos os ingredientes da salada.

Arroz com Nozes e Passas para o Reveillon

Ingredientes:

2 chávenas de chá de arroz lavado e escorrido,
1 cubo de caldo de galinha,
4 chávenas de chá de água fervente,
1 colher de sopa de manteiga,
1 cebola pequena finamente picada
1 chávena de chá de uvas passas sem grainhas
1/2 chávena de chá de Nozes picadas.
sal q.b.
1 pano de prato limpo

Modo de fazer:
Refogue a cebola na manteiga, até ficar macia, junte o arroz e refogue, não deixe escurecer.
Acrescente o caldo de galinha,o sal, a água e as passas mexa para misturar tudo.
Deixe cozinhar em fogo baixo, num tacho parcialmente tampado, por 15 minutos ou até que o arroz fique seco.
Retire do fogo, tampe o tacho, mas antes da tampa coloque um pano de prato limpo (vai absorver a humidade e deixar o arroz solto) e deixe descansar por 10 minutos. Junte as nozes picadas e sirva imediatamente.

Nota: É uma optima alternativa para quem não gostar do Risoto do Popeye

Salada crocante para o Reveillon

Ingredientes:
1 pé de alface lisa,
1 peito de frango,
1 colher de azeite extra virgem,
1 pacote de natas,
1 colher de sopa de sumo de limão,
1 chávena de chá de uvas sem pele e sem grainhas
2 chávenas de chá de abacaxi cortada em cubos,
1 colher de sopa de dill finamente picado,
1 colher de sopa de hortelã fresca e finamente picada.
sal q.b.,
pimenta moída na hora q.b.,

Modo de fazer:
Lave e escorra a alface.
Corte o frango em cubos pequenos.
Aqueça o azeite e refogue os cubos de frango, pingando água, se necessário.
Tempere com sal e pimenta.
Reserve até arrefecer.
Em uma vasilha de ir a mesa, misture as natas, o sumo de limão, o sal e pimenta .
Junte as uvas, os cubos de abacaxi e de frango, o dill, a hortelã e misture tudo.
Arrume a salada sobre as folhas de alface e sirva fria.

Meloas recheadas para a mesa de Reveillon

Ingredientes:
2 meloas grandes e maduras,
1 abacaxi maduro,
6 bananas maçãs,
1/2kg de uvas sem peles e sem sementes,
2 maçãs,
2 colheres de sopa de açúcar fino,
1 taça de sementes de romã,
1/2 garrafa de vinho madeira doce,
1 copo de marrasquino,
1 copo de suco de laranja

Modo de fazer:
Lave e enxugue todas as frutas.
Corte num dos lados das meloas, uma fina fatia, só para que elas fiquem em pé e sirvam de taça, cuidado para não fazer nenhum furo.
Retire por essa abertura as sementes e toda a polpa.
Num alguidar, corte todas as frutas (descascadas) em cubos ou faça bolinhas junte a polpa das meloas, também em bolinhas ou cubos, polvilhe um pouco de açúcar e leve ao frigorífico para refrigerar
Junte todas as bebidas. Depois das frutas fresca recheie as meloas, regue com as bebidas em partes iguais. Passe suco de limão nas bordas das meloas e polvilhe com açúcar.
Volte ao frigorífico até a hora de servir. Leve à mesa em bandeja e sirva nas próprias cascas.

Risoto do Popeye - Reveillon

Ingredientes:

6 chávenas de chá de água fervente,
1 chávena de bom vinho branco
2 chávenas de chá de arroz lavado e escorrido,
1 cubos de caldo de galinha
1 maço - só as folhas de espinafre picado,
2 colheres de sopa de manteiga,
3 colheres de sopa de queijo parmesão ralado no momento.

Modo de fazer:
Num tacho, junte o caldo de galinha e o arroz e o vinho branco, deixe levantar fervura.
Vá colocando a água, chávena a chávena cada chávena de água deve ser colocada com intervalo de aproximadamente 2 ou 3 minutos, não esqueça que deve ir mexendo sempre.
Cozinhe em fogo baixo durante 15/20 minutos, mexendo vagarosamente.
Na metade do cozimento, acrescente os espinafres picados, a manteiga e o queijo ralado.
Depois de cozido, apague o fogo e deixe descansar 5 minutos com a o tacho tapado.

Lombo de porco com Tangerina - Reveillon

Ingredientes:
2kg de lombo de porco com pouca gordura
1 cebola picada finamente
1 colher de sopa de manteiga sem sal
12 colher de sopa rasa de maizena,
1/2 colher de chá de gengibre fresco ralado,
1 copo de suco de tangerina,
1 cubo de caldo de carne.
1 abacaxi maduro
6 tangerinas cortadas em rodelas

Modo de fazer:
Coloque o lombo num tabuleiro com a parte da gordura voltado para cima leve ao forno pré aquecido a 150º por 1h30.
Frite a cebola na manteiga até que fique macia. Junte os ingredientes mexendo sempre. Cozinhe até engrossar um pouco e pincele o lombo com essa mistura, assando-o por mais 1 hora, aproximadamente. Sirva com fatias de abacaxi e rodelas de tangerina.

Tender a moda da minha mãe - Reveillon

Saúde
A carne de porco a indicada para o Reveillon, o porco é um animal que fuça para a frente, sendo um bom estímulo para o novo ano.
Já o frango, peru ou faisão não ser o mais indicado para a passagem do ano: todos ciscam para trás...

Ingredientes:
1 Fiambre de 4 a 5kg,
1 copo de água,
1 copo de guaraná,
1/2 copo de açúcar mascavado,
cravos da índia q.b.
2 abacaxis ou ananas maduros,
200g de manteiga.

Modo de fazer:
Limpe e retire a pela grossa e a maior parte da gordura que envolve o Fiambre.
Num tabuleiro coloque a parte com mais gordura para cima, regue com os liquidos.
Leve ao forno para assar contando 20 minutos para cada quilo de Fiambre. Retire do forno e escorra toda a gordura do tabuleiro. Depois, com uma faca bem afiada faça sulcos profundos no fiambre, formando losangos na parte de cima. Cubra tudo com açúcar mascavado, aperte bem com as mãos. Enfie um cravo em cada losango.
Salpique por cima o guaraná e volte ao forno para dourar. Em seguida, passe para uma travessa e guarneça com as fatias de abacaxi passadas pela manteiga quente.

domingo, 27 de dezembro de 2009

Desintoxicar depois das festas



1 - Receita da R.H.

A ração humana é indicada para emagrecer, manter o peso, aumentar a resistência orgânica, regular intestinos, desintoxicar o organismo ....

Ingredientes:

500g Farelo de Trigo;
500g Leite de Soja em pó;
500g Farelo de Aveia;
250g Germen de trigo;
100g Semente de Gergelim/Sesamo com casca;
100g Açúcar Mascavado;
100g Semente de linhaça ;
50g Gelatina em pó;
50g Levedo de Cerveja em pó;
50g Guaraná em Pó.

Modo de fazer:
Bata tudo em um liquidificador até obter uma farinha grossa.

Guarde em vidros limpos e secos, fechados hermeticamente.
OBS: Conservar na geladeira/frigorífico no verão.

Dose Recomendada:(tomar pela manha em jejum):
Duas colheres de sopa com sucos de: laranja, abacaxi ou mamão, com iogurte ou em água morna.

Observações: Para pessoas com diabetes ou com regime de emagrecimento, retirar o açúcar mascavado e para pressão alta retirar o guaraná, mas com farinha de maracujá, que ajuda a regular as taxas de açúcar do sangue. Para fazer uma porção menor, a mistura pode ser reduzida à metade, *excepto estes três últimos itens cujo o peso deve ser mantido. Colocar tudo em um recipiente, misturar muito bem para tornar uma mistura uniforme. Guardar em vidros limpos, secos e tampados.

Para a ração humana feita conforme a receita acima, são necessárias 80 kcal por porção (2 colheres de sopa / 20g).

Ler mais....






168573



sexta-feira, 25 de dezembro de 2009

Vinho Quente - Glühwein Glögg


Ingredientes:
1 garrafa de vinho tinto
Usei Herdade do Esporão Vinha da Defesa
1 pau de canela
1 colher de sobremesa de erva doce moída
1 pitada de noz moscada
1 colher de chá de canela moída
1 pitada de Caiena
1 ramo de folhas de hortelã frescas
1/4 de chávena de açúcar

Modo de Fazer:
Todos os ingredientes em pó, devem ser colocados em uma boneca de bano ou então em um daqueles saquinhos de papel que já se vende para fazer chá avulso.
Num tacho pequeno colocar o açúcar e deixar derreter, depois colocar o vinho com os restantes ingredientes, deixar o vinho aquecer até antes de ferver.
Servir em canecas ou copos grossos

quarta-feira, 23 de dezembro de 2009

Manjar de coco para a mesa de Natal

Ingredientes:

1 litro de leite
1 latas de leite condensado
400 ml de leite de coco (2 vidros)
12 colheres de sopa de maizena

Modo de fazer:

Misturar tudo, levar ao lume e mexer até engrossar.
Coloque tudo numa forma de buraco untada com margarina e leve ao frigorífico até estar bem frio. (aproximadamente 4 horas)
Desenformar para servir e decorar com a calda.

Calda de Ameixa

150 g. de ameixa preta sem caroço
100 ml de água
3 colheres de sopa de açúcar

Modo de fazer:

Coloque tudo num tacho, levar ao lume e deixe ferver até obter uma calda grossa.

Pudim de Claras para a mesa de Natal

Ingredientes:

500 ml de leite
15 colheres de sopa de açúcar fino
6 claras de ovo
1 colher de chá de raspas de limão
3 gemas de ovo
2 colheres de sopa de farinha maizena
10 ameixas secas sem caroço(para a calda alternativa)
100 ml de água (para a calda alternativa)

Modo de fazer:
Preparação da Calda - Calda de açúcar - Caramelo
Coloque 4 colheres de açúcar na forma de buraco e leve ao lume brando, deixe ficar em tom caramelo (café com leite escuro), não deixe queimar. Vá virando a forma até estar toda coberta de caramelo. Deixe esfriar.

Preparação do Pudim
Bata as claras em castelo (neve) e quando estiverem firmes, junta-se 9 colheres de açúcar, uma a uma, não deixe de bater até que fiquem firmes como para suspiros.
Despeje a massa assim obtida na forma caramelizada e leve ao forno em banho maria.
Leve ao forno já pré aquecido a 160 graus por 50 minutos ou até que tenha uma crosta dourada sobre o suspiro. Retire do forno.
Ainda morno desenforme já para o prato que ira a mesa.

Cobertura de leite creme
Aqueça o leite e dissolva a maizena mexendo sempre.
Adicione o 4 colheres de açúcar e as 3 gemas batidas.
Mexa constantemente até engrossar.
Deixe esfriar e cubra o pudim com esse creme.

Calda Alternativa

Cobertura de Calda de Ameixa Seca
Ferva as 10 ameixas secas em água com 4 colheres de sopa de açúcar até ficar uma calda grossa. Deixe arrefecer e cubra o pudim com a calda e decorre com as ameixas.

Sangria de Champanhe para a Consoada de Natal


Ingredientes
1 maçã vermelha
1 laranja madura
1 limão
1 clementina (tangerina)
1 romã
3 colheres (de sopa) de açúcar
¼ de chávena de brandy
7,5 dl de bom champanhe brut.
gelo

Modo de fazer:
Lavam-se as frutas.
A maça, corta-se em fatias finas com a casca, descasca-se a laranja, o limão e a clementina. Separa-se os gomos e limpa-se das peles e das sementes, descasca-se a romã e separa-se os bagos.
Misturam-se as frutas com o açúcar e rega-se com o brandy, o champanhe e por fim coloca-se o gelo.
Misture tudo em um jarro de boca larga e mexa delicadamente.
Nota: O uso de bons produtos é o segredo para ter uma boa sangria.

terça-feira, 22 de dezembro de 2009

Pudim de Leite Condensado para o Natal


Meu pai amava pudim de leite condensado, mas tinha de ter furinhos, tipo queijo suíço.
Fiz esta receita para ver se saia com os ditos furinhos e ficou óptima.

Ingredientes para o pudim:

01 lata de leite condensado (usei a do lidlo que é maior)
01 lata de leite de vaca bem cheia (use como medida a lata de leite condensado)
06 ovos
01 colher de sopa de manteiga

Modo de fazer:
Bata tudo no liquidificador, eu usei a Bimby por 5 minutos.
Coloque na forma caramelizada e leve ao formo em banho-maria por 50 minutos.
Deixe arrefecer. Quando estiver completamente frio desenforme.
Se for preciso aqueça a forma para soltar todo o caramelo.


Modo de fazer o caramelo - calda de açucar queimada:
Coloque duas chávenas de açúcar na forma de buraco e leve ao lume brando, deixe ficar em tom caramelo (café com leite escuro), não deixe queimar. Vá virando a forma até estar toda coberta de caramelo. Deixe esfriar.

sexta-feira, 18 de dezembro de 2009

Coscorões - Filhoses

Título devidamente corrigido pela querida Ameixa Seca :)



















Ingredientes:

Farinha: 250 g
Banha: 1 colher de sopa
Azeite: 1 colher de sopa
Ovo: 3
Laranja: 1
Açúcar: 2 colheres de sopa
Água: q.b.
Sal: q.b.

Preparação
Peneire a farinha para dentro de uma tigela. Adicione a banha, o azeite, o açúcar, as gemas e a raspa da casca de laranja. Misture com uma colher de pau. Depois, adicione, a pouco e pouco, amassando à mão, o sumo da laranja e a água temperada com sal, em quantidade suficiente para se obter uma massa que se possa esconder com o rolo.
Assim que a massa estiver bem amassada e sovada, deixe-a descansar durante 2 a 4 horas. Estenda-a, corte do feitio que desejar e frite em grande fritura.


Gostei mais da receita da minha sogra.

Fonte: Sapo Sabores

domingo, 13 de dezembro de 2009

Espera Marido - Rabanadas - Fatias Douradas


Espera Marido em Leite.

Ingredientes
Pão velho (pode ser de ontem): 1
Leite: 0,5 lt
Ovo: 2
Óleo: q.b.
Açúcar e canela para polvilhar q.b.

Para o molho:
Açúcar: 500 g
Vinho tinto de boa qualidade: 3 dl
Vinho do Porto doce: 1/2 cálice

Modo de Fazer Espera Marido em Leite:
Corta-se o pão às fatias na diagonal, para as serem mais compridas, e com a espessura de um dedo.
Colocam-se num tabuleiro e regam-se com leite frio, de modo a ficarem bem molhadas. Reserve.
Batem-se os ovos muito bem.
Pega-se nas fatias de pão, que se espremem um pouco entre as palmas das duas mãos, passando-as bem pelo ovo batido e fritando-as de seguida em óleo bem quente, virando-as para ficarem bem lourinhas de ambos os lados.
Depois de fritas, escorrem-se e polvilham-se bem com a mistura de açúcar e canela.

Modo de Fazer Espera Marido em Vinho:
Corta-se o pão às fatias na diagonal, para as serem mais compridas, e com a espessura de um dedo. Colocam-se num tabuleiro e regam-se com MOLHO DE VINHO, de modo a ficarem bem molhadas. Reserve. Batem-se os ovos muito bem.
Pega-se nas fatias de pão, que se espremem um pouco entre as palmas das duas mãos, passando-as bem pelo ovo batido e fritando-as de seguida em óleo bem quente, virando-as para ficarem bem lourinhas de ambos os lados.
Depois de fritas, escorrem-se e polvilham-se bem com a mistura de açúcar e canela.

Molho de Vinho:
Mistura-se o açúcar com o vinho tinto, leva-se ao lume e deixa-se ferver durante três minutos. Junta-se o vinho do Porto, deixa-se levantar fervura e retira-se do lume. Reserve

Mais receitas AQUI

domingo, 29 de novembro de 2009

Massa Fresca com ovos

Esta é mais uma receita do livro de receitas da minha mãe.
O livro esta bem velhinho, como é lógico, foi escrito no inicio dos anos 60 e MUITO usado.

Ingredientes:
350g de farinha de trigo
3 ovos
sal q.b.

Modo de fazer:
Deitar a farinha numa tigela, fazendo uma "cova" ao meio. Deitar no meio da cova os ovos e o sal.
Começa-se a incorporar a farinha com um garfo, que se vai usando em círculos na junção dos outros ingredientes.
Depois de totalmente incorporada, trabalha-se um pouco a massa dentro do recipiente, passando em seguida a trabalho para a pedra mármore polvilhada com farinha.
Trabalha-se a massa pegando numa das pontas e sobrepondo-a à restantes, empurrando-a de seguida com a palma da mão.
Deixa - se a massa descansar aproximadamente 20 minutos

Minhas Notas
Minha mãe usava uma maquina para cortar era linda e eu não faço ideia que fim levou :(
Mas muitas vezes só para não ter o trabalho de montar a maquina e depois limpar fazia tudo à mão.
Lembre-se:
Devemos estender a massa bastante bem.
Espalhar farinha por toda ela (2 lados)
Enrola a massa como um "rolo" espalmado.
Fettucine - corta-se o "rolo" em tirinhas de aproximadamente um dedo.
Tagliorini - corta-se o "rolo"em tirinhas fininhas.
Eu particularmente adorava os Raviolis de ricota e nozes, são feitos com a massa estendida, sobre a qual se põem bocadinhos de recheio.
Dobra-se a massa por cima do recheio, calca-se à volta dele e corta-se com um copo fino.
A massa deve ser cozida em água abundante e bastante salgada e em lume médio/forte, bastando levantar fervura no caso das massas frescas.

A minha mãe no dia 20 de Março de 1960

162441

sexta-feira, 20 de novembro de 2009

Rolinhos de couve com carne picada - 14

É apenas uma das medidas do projecto "Resposta de Saúde Pública à Crise Global Financeira, Económica e Social", anunciado pela Direcção-Geral de Saúde na semana passada. A ementa de 14 pratos foi elaborada pela Plataforma Contra a Obesidade, em colaboração com a editora Obras Em Curso

Rolinhos de couve com carne picada

Ingredientes (4 doses)

400 g de carne picada
4 folhas grandes de couve lombarda
2 dl de molho béchamel
1 cebola
2 dentes de alho
1 dl de vinho branco
2 colheres (sopa) de polpa de tomate
2 colheres (sopa) de azeite
1 colher (chá) de massa de pimentão
1 colher (café) de sal
Pimenta e noz-moscada ralada q. b.

Lave as folhas de couve e coza-as ligeiramente em água temperada de sal. Retire-as da água, deixe-as arrefecer e reserve.
Salteie no azeite a cebola e os dentes de alho picados. Junte a carne picada, a massa de pimentão e a polpa de tomate. Envolva e regue com o vinho, tempere com sal, noz-moscada e pimenta e deixe cozinhar cerca de 20 minutos.
Retire do lume e deixe arrefecer. Recheie as folhas de couve com o preparado de carne e enrole-as. Coloque os rolinhos num pirex, untado com azeite e regue-os com o molho béchamel. Leve a forno quente a gratinar e sirva acompanhado com arroz.

Red fish com molho de tomate - 13

É apenas uma das medidas do projecto "Resposta de Saúde Pública à Crise Global Financeira, Económica e Social", anunciado pela Direcção-Geral de Saúde na semana passada. A ementa de 14 pratos foi elaborada pela Plataforma Contra a Obesidade, em colaboração com a editora Obras Em Curso

Red fish com molho de tomate

Ingredientes (4 doses)

4 postas de red fish
200 g de batatas pequenas
4 tomates maduros
2 cebolas
3 dentes de alho
2 colheres (sopa) de azeite
1 colher (sobremesa) de salsa picada
1 colher (café) de sal
Pimenta e açafrão-da-Índia em pó q. b.

Aqueça o forno a 200º C. Coza as batatas com casca.
Salteie no azeite a cebola e o alho picados e quando estiverem macios adicione o tomate pelado e desfeito. Deixe estufar, tempere de sal e pimenta e reduza a puré com a varinha mágica.
Num tabuleiro de forno disponha as postas de peixe arranjadas e tempere-as com sal e açafrão.
Regue o peixe com o molho de tomate, disponha as batatas cozidas à volta e leve ao forno até ficar bem assado.

Codornizes de caril - 12

É apenas uma das medidas do projecto "Resposta de Saúde Pública à Crise Global Financeira, Económica e Social", anunciado pela Direcção-Geral de Saúde na semana passada. A ementa de 14 pratos foi elaborada pela Plataforma Contra a Obesidade, em colaboração com a editora Obras Em Curso

Codornizes de caril

Ingredientes (4 doses)

4 codornizes
2 dentes de alho
1 cebola
2 dl de leite de coco
1 tomate maduro
1 dl de vinho branco
2 colheres (sopa) de azeite
1 colher (chá) de colorau
1 colher (chá) de caril em pó
1 colher (café) de sal
1 folha de louro
Malaguetas q. b.
Pimenta q. b.

Tempere as codornizes com uma pasta feita de sal, uma colher (sopa) de azeite, pimenta moída, um dente de alho esmagado, colorau e o vinho. Deixe-a repousar durante umas horas.
Aloure no restante azeite a cebola e o dente de alho picados, o tomate desfeito e a folha de louro. Adicione então as codornizes e deixe refogar em lume brando. Acrescente um pouco de água, malaguetas a gosto e deixe estufar.
Quando as codornizes estiverem quase cozidas, acrescente o leite de coco e o caril e deixe apurar.

Perna de peru no forno com citrinos - 11

É apenas uma das medidas do projecto "Resposta de Saúde Pública à Crise Global Financeira, Económica e Social", anunciado pela Direcção-Geral de Saúde na semana passada. A ementa de 14 pratos foi elaborada pela Plataforma Contra a Obesidade, em colaboração com a editora Obras Em Curso

Perna de peru no forno com citrinos

Ingredientes (4 doses)

1 perna de peru pequena
2 laranjas
2 limões
Salsa q. b.
1 colher (chá) de pimentão doce
2 colheres (sopa) de azeite
3 dentes de alho
1 colher (chá) de sal
Pimenta q. b.

Arranje a perna de peru. Prepare uma salmoura com água, sal e as laranjas e os limões cortados em gomos pequenos. Deixe repousar durante umas horas no frigorífico.
Aqueça o forno a 180º C. Retire a perna de peru da marinada e coloque-a num tabuleiro de forno, juntamente com 2 dl da marinada. Descasque os dentes de alho e pique-os.
Tempere o peru com o pimentão-doce e os dentes de alho. Regue com o azeite e leve ao forno durante aproximadamente 40 minutos até que a perna fique assada e douradinha.
Vire a perna de peru de vez em quando e regue-a com o seu próprio molho. Se necessitar, acrescente um pouco de água. Rectifique os temperos, se necessário, retire do forno e sirva polvilhada com salsa picada.

Açorda de solha com coentros - 10

É apenas uma das medidas do projecto "Resposta de Saúde Pública à Crise Global Financeira, Económica e Social", anunciado pela Direcção-Geral de Saúde na semana passada. A ementa de 14 pratos foi elaborada pela Plataforma Contra a Obesidade, em colaboração com a editora Obras Em Curso

Açorda de solha com coentros

Ingredientes (4 doses)

500 g de solha limpa
1 colher (café) de sal
2 colheres (sopa) de azeite
1 cebola
2 tomates maduros
3 dentes de alho
400 g de pão saloio
1 ovo
1 molho de coentros picados
Piripíri q. b.

Coza a solha em água com sal, retire-a depois de bem escorrida e limpe-a de pele e espinhas. Reserve o caldo da sua cozedura.
Leve o azeite e a cebola picada ao lume e refogue levemente. Adicione os tomates cortados em pedaços pequenos e regue com um pouco do caldo que reservou. Deixe ferver por 5 minutos.
Junte os dentes de alho picados e o pão cortado em pedaços pequenos. Cozinhe em lume brando, mexendo regularmente até o pão se desfazer e ganhar a consistência de açorda (se for necessário, junte um pouco mais do caldo do peixe).
Adicione a solha lascada, o ovo batido e os coentros picados, tempere com piripiri e sirva de imediato.

Feijoada de cação - 9

É apenas uma das medidas do projecto "Resposta de Saúde Pública à Crise Global Financeira, Económica e Social", anunciado pela Direcção-Geral de Saúde na semana passada. A ementa de 14 pratos foi elaborada pela Plataforma Contra a Obesidade, em colaboração com a editora Obras Em Curso

Feijoada de cação

Ingredientes (4 doses)

500 g de cação
1 lata grande de feijão branco
1 cenoura
½ pimento verde
1 cebola
2 dentes de alho
1 lata pequena de tomate pelado
2 colheres (sopa) de azeite
1 folha de louro
1 ramo de salsa picada
1 colher (chá) de sal
Pimenta q. b.

Descasque a cebola, os alhos e a cenoura, pique a cebola e os alhos e coloque tudo num tacho. Junte a cenoura cortada em rodelas e o pimento em cubos sem pevides nem membranas. Adicione também o louro e o azeite, leve ao lume e deixe cozinhar até a cebola ficar transparente.

Junte o tomate picado com o molho e deixe cozinhar durante 10 minutos. Adicione depois o cação, mexa e deixe cozinhar mais 5 minutos.
Tempere com sal e pimenta, junte o feijão com o molho e mexa delicadamente. Deixe cozinhar durante mais 15 minutos. Retire e sirva polvilhado com a salsa picada.

Tortilha de alho-francês - 8

É apenas uma das medidas do projecto "Resposta de Saúde Pública à Crise Global Financeira, Económica e Social", anunciado pela Direcção-Geral de Saúde na semana passada. A ementa de 14 pratos foi elaborada pela Plataforma Contra a Obesidade, em colaboração com a editora Obras Em Curso

Tortilha de alho-francês

Ingredientes (4 doses)

500 g de batatas
2 cebolas
1 alho-francês
2 dl de leite
4 ovos
2 colheres (sopa) de azeite
1 colher (café) de sal
Pimenta q. b.

Coza as batatas com casca em água e sal durante 25 minutos; depois de cozidas, retire-lhes a casca e corte-as em rodelas. Descasque a cebola e corte-a às rodelas grossas. Lave o alho-francês e corte-o em rodelas. Aqueça o forno do fogão a 180º C.
Salteie no azeite a cebola e, depois de loura, junte-lhe o alho-francês e as batatas. Entretanto, misture o leite com os ovos, tempere de sal e pimenta e regue os legumes com o preparado. Reduza o lume e deixe cozer.
Leve a tortilha ao forno aquecido durante cerca de 10 minutos e sirva quente ou fria.

Macarrão com atum - 7

É apenas uma das medidas do projecto "Resposta de Saúde Pública à Crise Global Financeira, Económica e Social", anunciado pela Direcção-Geral de Saúde na semana passada. A ementa de 14 pratos foi elaborada pela Plataforma Contra a Obesidade, em colaboração com a editora Obras Em Curso

Macarrão com atum

Ingredientes (4 doses)

2 cebolas
3 dentes de alho
2 colheres (sopa) de azeite
1 chávena (café) de polpa de tomate
1 folha de louro
2 latas de atum (pequenas)
1 colher (sopa) de orégãos secos picados
1 colher (sopa) de manjericão fresco picado
Pimenta q. b.
300 g de macarrão
1 colher (sopa) de queijo parmesão ralado

Aloure as cebolas e os dentes de alho picados no azeite. Adicione a polpa de tomate e o louro e deixe estufar por uns minutos.
Junte o atum, bem escorrido e desfeito, os orégãos e o manjericão. Tempere com pimenta e apure.
Coza o macarrão conforme as instruções da embalagem. Depois, escorra-o e coloque-o numa taça aquecida.
Disponha o atum sobre a massa e polvilhe com o queijo parmesão ralado.

Lulas cremosas no forno - 6

É apenas uma das medidas do projecto "Resposta de Saúde Pública à Crise Global Financeira, Económica e Social", anunciado pela Direcção-Geral de Saúde na semana passada. A ementa de 14 pratos foi elaborada pela Plataforma Contra a Obesidade, em colaboração com a editora Obras Em Curso

Lulas cremosas no forno

Ingredientes (4 doses)

600 g de lulas (limpas)
2 cebolas
2 dentes de alho
2,5 dl de molho béchamel
1 dl de vinho branco
2 colheres (sopa) de polpa de tomate
2 colheres (sopa) de azeite
1 colher (sopa) de pão ralado
1 ramo de salsa
1 colher (café) de sal
Pimenta q. b.

Arranje as lulas, corte-as às rodelas finas e tempere-as com sal e pimenta. Reserve durante 1 hora no frigorífico.
Num tacho fundo, leve o azeite ao lume juntamente com as cebolas cortadas em rodelas muito finas e os dentes de alho esmagados. Quando estes começarem a ficar louros junte-lhes as lulas, bem escorridas, a polpa de tomate, o ramo de salsa inteiro e o vinho branco. Envolva os ingredientes e tape o tacho para que as lulas suem.
Quando as lulas estiverem tenras, adicione-lhes metade do molho béchamel. Volte a envolver, rectifique os temperos e retire do lume.
Coloque as lulas num tabuleiro de forno previamente untado com azeite, por cima regue com o restante molho béchamel e polvilhe com pão ralado. Leve a forno pré-aquecido para gratinar.

Grãos estufados com legumes - 5

É apenas uma das medidas do projecto "Resposta de Saúde Pública à Crise Global Financeira, Económica e Social", anunciado pela Direcção-Geral de Saúde na semana passada. A ementa de 14 pratos foi elaborada pela Plataforma Contra a Obesidade, em colaboração com a editora Obras Em Curso

Grãos estufados com legumes

Ingredientes (4 doses)

400 g de grãos cozidos (1 lata pequena)
100 g de feijão-verde
100 g de abóbora
2 tomates
2 cenouras
2 cebolas
2 dentes de alho
1 pimento vermelho
2 colheres (sopa) de azeite
1 colher (sopa) de salsa picada
1 colher (chá) de caril
1 colher (café) de sal
Pimenta q. b.

Faça um refogado com o azeite, a cebola e o alho picados e junte-lhe o tomate cortado aos gomos. Quando o tomate começar a ficar mole, acrescente o feijão-verde aberto ao meio e cortado em pequenos troços, o pimento cortado às tiras e as cenouras às rodelas grossas. Tape o tacho e deixe cozinhar por mais 3 minutos.
Adicione o grão e a abóbora cortada aos cubos ao estufado e polvilhe com o caril. Se for necessário acrescente um pouco de água para fazer caldo. Deixe cozer cerca de 15 minutos em lume brando.
Tempere de sal e pimenta, polvilhe com a salsa picada e sirva acompanhado por arroz branco.

Tortilha de pimentos - 4

É apenas uma das medidas do projecto "Resposta de Saúde Pública à Crise Global Financeira, Económica e Social", anunciado pela Direcção-Geral de Saúde na semana passada. A ementa de 14 pratos foi elaborada pela Plataforma Contra a Obesidade, em colaboração com a editora Obras Em Curso

Tortilha de pimentos

Ingredientes (4 doses)

6 ovos
2 pimentos
2 batatas
2 colheres (sopa) de azeite
1 colher (sopa) de salsa picada
1 colher (sopa) de cebolinho picado
1 colher (café) de sal
Pimenta q. b.

Bata os ovos inteiros com uma vara de arames e tempere-os com sal, salsa, cebolinho e pimenta moída.
Coza as batatas com casca, descasque-as e corte-as às rodelas.
Numa frigideira larga, com fundo anti-aderente, leve o azeite ao lume juntamente com os pimentos cortados em tiras finas até começarem a ficar moles. Junte as rodelas de batata aos pimentos e verta os ovos batidos para a frigideira. Tape a frigideira com uma tampa e deixe cozer a tortilha em lume moderado.
Quando sentir que a tortilha está cozida por baixo, vire-a e volte a tapar a frigideira.
Sirva a tortilha quente ou fria.

Fusilli com pescada e cenoura - 3

É apenas uma das medidas do projecto "Resposta de Saúde Pública à Crise Global Financeira, Económica e Social", anunciado pela Direcção-Geral de Saúde na semana passada. A ementa de 14 pratos foi elaborada pela Plataforma Contra a Obesidade, em colaboração com a editora Obras Em Curso


Fusilli com pescada e cenoura

Ingredientes (4 doses)

300 g de pescada
2 chávenas (chá) de massa fusilli
½ lata de tomate de conserva em pedaços
2 cenouras
1 cebola
2 dentes de alho
2 colheres (sopa) de azeite
2 colheres (sopa) de salsa picada
1 colher (café) de sal
Pimenta q. b.

Coza a pescada com um pouco de sal, retire-a do caldo e reserve-a.
Coe o caldo e nele coza as cenouras cortadas aos cubinhos. Quando as cenouras começarem a ficar tenras, adicione a massa e deixe cozer durante o tempo recomendado na embalagem.
Leve o azeite ao lume, juntamente com a cebola e o alho picado, e deixe-os alourar. Adicione o tomate e a salsa e tape o tacho durante 2 minutos. Tempere de sal e pimenta, mexa cuidadosamente, junte a pescada cozida e desfeita e deixe acabar de cozinhar.
Coloque a massa com as cenouras num prato de servir e por cima disponha o molho de tomate com a pescada.

Tomates recheados com fiambre de frango - 2

É apenas uma das medidas do projecto "Resposta de Saúde Pública à Crise Global Financeira, Económica e Social", anunciado pela Direcção-Geral de Saúde na semana passada. A ementa de 14 pratos foi elaborada pela Plataforma Contra a Obesidade, em colaboração com a editora Obras Em Curso


Tomates recheados com fiambre de frango

Ingredientes (4 doses)

4 tomates grandes (maduros)
2 fatias de pão de milho (sem côdea)
100 g de fiambre de frango em cubinhos
2 dentes de alho
2 ovos
1 pimento
3 colheres (sopa) de azeite
1 colher (sopa) de coentros picados
1 colher (café) de sal
Pimenta q. b.

Lave os tomates, corte-lhes o topo e escave-lhes o interior com a ajuda de uma faca e de uma colher de sobremesa. Depois, coloque-os a escorrer sobre uma rede voltados para baixo.
Pique os pimentos, o interior do tomate, os alhos e o pão. Amasse estes ingredientes juntamente com o fiambre, os ovos batidos, o azeite e os coentros. Tempere de sal e pimenta a gosto.
Encha os tomates com este preparado, disponha-os numa assadeira previamente untada com azeite e leve-os a forno quente durante cerca de 25 minutos.

Frango de fricassé - 1

É apenas uma das medidas do projecto "Resposta de Saúde Pública à Crise Global Financeira, Económica e Social", anunciado pela Direcção-Geral de Saúde na semana passada. A ementa de 14 pratos foi elaborada pela Plataforma Contra a Obesidade, em colaboração com a editora Obras Em Curso

Frango de fricassé

Ingredientes (4 doses)

1 frango com cerca de 1 kg
1 colher (café) de sal
Pimenta q. b.
1 dl de vinho branco
2 cebolas grandes
1 dente de alho
2 colheres (sopa) de azeite
2 gemas de ovo
1 limão
1 colher (sopa) de salsa picada

Limpe o frango de pele e gorduras, lave-o e corte-o em pedaços pequenos. Tempere com sal, pimenta e vinho branco e reserve durante cerca de 30 minutos.
Pique as cebolas e o dente de alho e aloure-os no azeite. Quando a cebola começar a ficar transparente, junte-lhe os pedaços de frango e deixe saltear, adicionando pequenas porções de água quente, até que a carne fique macia e com algum molho.
Bata as gemas com o sumo do limão e misture-lhes a salsa picada. Retire do lume e deixe arrefecer um pouco.
Adicione a gemada ao frango, leve novamente ao lume e deixe cozinhar, sem parar de mexer, até retomar a fervura. Rectifique os temperos e sirva quente.

terça-feira, 10 de novembro de 2009

Filhoses da Minha Sogra.

1º fornada de 2007
Este ano (2007) pela primeira vez vou tentar fazer as filhoses, minha sogra já tem muita dificuldade em trabalhar a massa e por isso hoje resolvi tentar, é logico que faço a receita da mesma maneira, entretanto, (seria possível não haver um entretanto?????), vou bater tudo com a Bimby, (2012 com a minha Cook Xsy). Tenho certeza que não ficará igual, FICOU MELHOR!


Ingredientes:

1Kg de Farinha
8 ovos
2 colhers de sobremesa de fermento de padeiro desfeito em água
1 copo de aguardente (pequeno)
1/2 chávena de sumo de laranja
1 pitada de sal
1 copo de Azeite (pequeno, medida igual ao da aguardente)

Preparação: Coloque a farinha num alguidar e o fermento no meio da farinha com a pitada de sal. Comece a amassar com as mãos, em seguida deite a aguardente e o sumo de laranja.
Continuando a amassar, deitam-se os ovos, um a um, lentamente; quando estiver tudo envolvido, trabalhar bem a massa molhando as mãos em azeite até a massa se despegar do alguidar. Continue a amassar durante dois minutos.
Deixe repousar durante duas horas.
Estender pequenas bolas de massa e por fim por a fritar.
No fim polvilhar as filhoses com açúcar e canela.
 
    1ª fornada de 2012

Uma filhó (plural filhós) ou filhós (plural filhoses)!!!!

segunda-feira, 9 de novembro de 2009

Especiarias e não só....

Especiarias

Açafrão Espanhol: É muito utilizado em pratos da culinária francesa, espanhola e sul-americana. Indicado no preparo de arroz, paella, risotos, peixes, frutos do mar e pães.

Açafrão da Terra: Erva da família do gengibre, é conhecido também como cúrcuma. De sabor ligeiramente amargo e cor amarelo-dourado, extraída da raiz seca e moída da planta. Além do sabor, serve para dar cor aos alimentos. Utilizado em pratos com ovos, pickles, molhos cremosos, maioneses, massas, frango, peixes, arroz e pães.

Alho desidratado (em flocos ou granulado): Seco e desidratado substitui o alho fresco em todas as suas aplicações.

Alho Porró: lembra um pouco a cebola, é ideal para os molhos à base de manteiga e cogumelo fresco, saladas, sopas e caldos de peixe.

Anis Estrelado: É típico no preparo de pratos da cozinha chinesa á base de carne de porco e pato. Também usado para fazer licores, chás e aromatizar bebidas alcoólicas.

Baunilha: de coloração marrom escuro, é utilizada no preparo de doces, dando sabor a cremes, biscoitos, bolos etc.

Bicarbonato de Amônio: utilizado no preparo de pães, bolos e biscoitos. Faz crescer a massa e por Ser volátil, seu aroma desaparece no forno sem deixar sabor.

Bicarbonato de Sódio: excelente fermento em pó para o preparo de bolos e biscoitos.

Canela da China: em rama é utilizada no preparo de pickles, frutas assadas, compotas, molhos de tomate e no cozimento de legumes. Em pó, pode Ser usada na preparação de pães, bolos, cafés, doces com frutas. E também indicada no cozimento de legumes e assados.

Cardamomo: essencial na cozinha indiana é usada no tempero de arroz, Sopas, picles, carnes, pães, biscoitos, bolos, cremes. Ótimo no café árabe e para aromatizar licores.

Casca de Laranja desidratada: utilizado poro dor um toque especial no sabor de sobremesas. Ideal para pudins, mouses, bolos, biscoitos, molhos e sorvetes.

Cogumelo seco: depois de hidratado, pode ser usado em Strogonoff, molhos para carnes e massas, risotos, Sopas e omeletes.

Cominho (em Sementes ou moído): de sabor forte, deve Ser usado em pequenas quantidades em pratos à base de queijos, ovos, carnes, aves, batotas e legumes. Também recomendado no preparo de molhos e pães.

Cravo da índia: doce e picante é usado tonto para ornamentar como paro dar sabor. Ideal paro molhos, conservas, doces, compotas, assados etc.

Cremos de Tártaro: de sabor ácido-suave, é utilizado na fermentação de vinhos de produção caseiro e em outras fermentações artificiais, como no preparo de balas, bolos com claras de ovos e merengues.

• Gelatina: Substitui a gelatina em folhas em pratos doces e salgados. Neutra, assimila qualquer sabor. Pode Ser utilizada em geléias, pudins, mouses, Sorvetes, cremes e gelatina de frutos.

Gengibre: quente, doce e picante. Moído, é ideal para bolos, pães, molhos, Sopas, aperitivos, carnes, peixes, aves, legumes, saladas e frutas.

Louro (em folhos ou moído): utilizado em pequenas quantidades, é ideal no preparo de molhos, legumes, assados, carnes e frutos do mar.

Kümmel: tem sabor adocicado. Usado no preparo de carnes e aves assadas. Também em sopas de legumes, saladas, marinados, biscoitos, patês, pães, bolos e queijos.

Macis: casca que envolve a semente da noz-moscada é utilizada em pratos com queijo, aves, vitela, lombo e legumes.

Mostarda (em sementes ou moída): de sabor picante e aroma agradável, é usada na preparação de molhos para saladas e maioneses, carnes, aves, Sopas, legumes e pratos com ovos e queijos.

• Noz Moscada (em grão ou moída): ideal para molho bechamel, carnes, legumes, sopas, no recheio de massas, bolos, biscoitos, tortas, waffles e em bebidas com leite quente ou gelado.

Papoula (sementes): crocante e saborosa é usada em saladas, massas amanteigadas, pães, bolos, tortas, biscoitos, salgadinhos de queijo, salada de frutas e compotas.

• Páprica doce: de cor vermelho vivo, a páprica doce é usada como ornamento colorido para alimentos de cor clara, peixes, carnes, sopas, canapés, molhos e no preparo do goulash.

Páprica Picante: salpicada sobre peixes, carnes, aves, canapés, batatas, ovos, tortas salgadas e molhos. E usada também em pratos da cozinha espanhola e húngara, sendo o tempero principal do goulash.

• Pimenta do reino Preta (em grão ou moída): Em grão é usada em saladas, marinados, assados e pickles. Moída, pode ser usada em todos os pratos salgados. Ideal na água de cozimento de carnes, molhos, no final do preparo de legumes e verduras, salpicada sobre carnes, peixes e frangos antes de grelhar.

• Pimenta do reino branca (em grão ou moída): Com sabor mais suave que a pimenta preta, é usada em todas as receitas salgadas. Especialmente indicada para pratos que não podem ter sua aparência e cor alteradas.

• Pimenta Chilli: Extremamente picante, é utilizada no preparo de pratos mexicanos e italianos. Ideal para sopas, cremes, molhos cremosos e de tomate, frutos do mar, carnes, aves, vegetais e coquetéis.

• Pimenta rosa: Misturada a pimentas do reino preta, branca e verde, decoram e conferem sabor delicado a saladas, malhos, grelhados e frutos do mar. deve ser usada com moderação, pois seu sabor predomina sobre o sabor de outros temperos.

• Pimenta Jamaica: seu sabor lembra uma mistura de cravo, canela e noz-moscada. Usada em assados, churrasco, catchup, molhos chili e tomate, sapas e ovos. E também em bolos, bolachas, doces, pudins e frutas assadas.

• Raiz Forte: Ideal no preparo de sushi e sashimi e alguns molhos.

Ervas

• Alecrim: de aroma fresco, que lembro o pinho, dá um sabor especial às aves, aos molhos e sopas de tomate, frutos do mar, carnes, patês, berinjela, batatas, couve-flor, pães, Sucos e saladas de frutas. Ótimo no churrasco quando salpicado sobre o carvão.

• Cebolinha verde: Muito usado em omeletes, molho vinagrete e molhos à base de creme de leite para peixes. Ótimo também em patês de ricota, queijo cremoso, sopas e saladas.

• Coentro (em grãos ou moído): A semente inteira é usada no preparo de ponches, pickles, doces e no café. Industrialmente utilizada na produção de salsichas, linguiças e mortadelas. Moído, é usado no tempero de peixes, carnes, aves, assados ou grelhados, molhos, sopas de feijão, lentilhas e legumes. Também muito utilizado em pratos da culinária baiana, destacando-se as moquecas e as caldeiradas de peixes e frutos do mar.

• Endro Dill: Indispensável no preparo de peixes, molhos, salada de batatas, marinados, pickles, carnes, sopas, pães, massas, queijos e compotas.

• Erva Doce: Muito utilizada no preparo de biscoitos, bolos, bolachas, pães, queijos, molhos para saladas, frutas em calda, peixes e frutos do mar.

• Estragão: de sabor marcante, parecido com o anis, dá um toque especial a vinagres, pickles, molho tártaro de mostarda e maionese. Ótimo em saladas verdes, frutos do mar, pratos com ovos, frangos e carnes.

• Manjericão: de sabor marcante e agradável, é ideal para receitas com tomate, em pizzas, molho para churrasco, lagosta, assados, saladas e legumes. E o principal ingrediente do molho ao pesto.

• Manjerona: de sabor requintado, semelhante ao orégano, é ideal para valorizar carnes e aves, pratos à base de tomate, sopas, saladas e com manteiga derretida em peixes grelhados. Ideal para pratos de cozimento rápido.

• Orégano: Indispensável para pizzas. Ótimo em receitas com ovos, tomates, queijos, cebolas, recheios e molhos para carnes, aves, peixes e saladas de frutos do mar.

• Salsa: Ótima em canapés, sopas, saladas verdes, molhos de ervas, pães, tomates, omeletes, manteiga temperada, grelhados e recheios, sem a necessidade de reidratá-la.

• Sálvia: Indicada na preparação e no recheio de carnes e aves em geral, marinados, sopas, cremes, molhos de tomate, queijos, em massas com manteiga, batatas, biscoitos e chá.

• Segurelha: Aromática e picante pode ser usada sozinha ou em combinação com outras ervas em recheios para carnes, peixes ou aves, pratos com ovos, molhos, sopas, e feijões.

• Tomilho: Aromático e levemente picante, é usado para temperar carnes, peixes, aves, pratos com tomate e queijos.

Vegetais Desidratados

• Aipo Verde: Utilizado em sopas, legumes, carnes, frango, almôndegas, massas, molho vinagrete para churrasco e Sucos vegetais como o de beterraba e cenoura.

• Cebola em Flocos: pura e desidratada é indicada em todas as preparações da cebola fresca, bastando hidratá-la em água gelada, ou adicioná-la seca em sopas molhos etc.

• Espinafre: Muito utilizado por restaurantes no preparo de massas, para nhoque, espaguete, pães, molhos, patês, cremes e sopas.

• Cenoura: Ideal para o preparo de massas diversas.

Misturas Especiais

• 4 Épices (francesas) Ingredientes: pimenta do reino, gengibre, noz moscada e cravo. Ideal para carnes, peixes, presunto, rã, língua, pickles, suco de tomate, molhos, ponches e doces.

• Agridoce (Chinês) Ingredientes: anis estrelado, canela, erva doce, cravo e gengibre. Muito utilizado em pratos da cozinha chinesa. Ideal no frango xadrez, molho agridoce e bifes.

• Avis Rara Ingredientes: sal, páprica, mostarda, pimenta chilli, aipo, noz moscada, sálvia, tomilho, alecrim e manjerona. Ideal para aves especiais (faisão, perdiz, codorna, galinha d'angola). É uma 6tima opção para realçar o sabor de aves grelhadas, assadas cozidas ou fritas.

• Cheiro Verde Ingredientes: salsa e cebolinha verde desidratadas. Ideal para temperar carnes, peixes e molhos para saladas, feijoada, almôndegas, croquetes de bacalhau, omeletes e molhos à base de manteiga.

• Chili (Mexicano) Ingredientes: pimenta chili, cominho, orégano e alho. Utilizado em pratos mexicanos, dá um sabor especial às carnes, peixes, frutos do mar, ovos e cozidos. Ótimo também em carne moída e hambúrguer.

• Colorífico Ingredientes: urucum, fubá e 61eo de soja. Também conhecido como colorau, dá cor apetitosa realçando um tom vermelho-alaranjado nas carnes, arroz, frango, peixes, caldeiradas e moquecas. No preparo de picadinhos de carnes, sopas e molhos em geral.

• Cury Taj Mahal Ingredientes: coentro, cúrcuma, gengibre, cominho, fenogrego, pimenta do reino, mostarda, noz moscada, cravo, canela, erva doce e cardamomo. Realça o sabor dos alimentos, e é indicado na preparação de carnes. Aves, peixes, sopas, molhos, arroz, casseroles, queijos, legumes, camarões, ovos e canapés.

• Ervas de Provence Ingredientes: manjericão, alecrim, sálvia, manjerona, louro, segurelha e tomilho. Confere especial sabor às carnes, peixes, aves, patês e cremes.

• Ervas Finas Ingredientes: salsa, cebolinha, estragão e tomilho. Levemente picante, é ideal no preparo de molhos, omeletes, saladas, carnes e aves.

• Lemon & Herb (Limão e Ervas) Ingredientes: limão cristalizado, cebola, amido de milho, proteína de soja, ervas finas, glutamato monossádico, açúcar, ácido cítrico e corante natural CI. Com sabor agridoce, é ideal para lagosta, vieiras, salmão, truta, meca, atum, e especialmente para camarões.

• Peixes & Aves Ingredientes: sálvia, tomilho, alecrim, manjerona e aipo. Para temperar aves, peixes e frutos do mar.

• Pimenta & Cominho Ingredientes: pimenta do reino e cominho. Ideal para temperar feijões, cozidos de peixe e frutos do mar. Também em carnes, aves, pratos à base de ovos, sopas, queijos, molhos, pães, batatas e legumes.

• Sal & Aipo Ingredientes: sal refinado, e aipo em pá. Dá um toque refinado às carnes, peixes, saladas, omeletes, molhos para saladas, churrasco, sopas e sucos de legumes para coquetéis. Utilizado também em frutos do mar e sanduíches de atum e salmão.

• Tempero Churrasco Ingredientes: alecrim, salsa, orégano, pimenta do reino, alho, sal e MSG. Mistura das especiarias mais indicadas para ressaltar todo o sabor dos churrascos, bifes e assados.

• Tempero Pão de Mel Ingredientes: canela, noz moscada, cravo, gengibre, anis e casca de laranja desidratada. Um toque especial para pão ou bolo de mel e cookies com amêndoa ou gotas de chocolate.

• Tempero Pizza Ingredientes: orégano, manjericão, tomilho e manjerona. Ideal para pizzas, pastéis, petiscos, queijos, canapés, molhos, omeletes. Também utilizado em pratos a' base de batatas e queijos.

• Tempero Sírio Ingredientes: pimenta Jamaica, pimenta do reino branca, canela, cravo, gengibre, noz moscada e cardamomo. Ideal para kibe cru, frito ou de bandeja, carnes, aves, recheio para esfiha e também para dar um toque especial a outros pratos preferidos.

• Zahtar Ingredientes: gergelim, coentro, orégano, manjerona, sal refinado, colorífico e acidulante ácido cítrico. É salpicada em carnes e vegetais ou usada para patês. Pode ser misturado com azeite de oliva a distribuído no pão ou massa de esfiha antes de assar.

Fonte: Recebido por email

sexta-feira, 30 de outubro de 2009

Sangria de Champanhe para o Halloween


1 garrafa de champanhe
1 frutos silvestres congelados (uma embalagem)
1 laranja em rodela
1 romã
2 lima em rodela
3 copos de sumo de laranja (natural)
1/2 chávena açúcar amarelo
1/2 litro sumo de toranja vermelha (natural)
1 rodela grande limão
ramos de hortelã
6 cravinhos
gelo em forma de mão***

Num recipiente fundo (tipo saladeira) colocar os frutos silvestres e adiciona-se o açúcar e deixar marinar 30 minutos acrescenta-se a lima, o limão, a laranja, o sumo de laranja, sumo da toranja e a mão de gelo.
Crava-se os cravinhos no limão e adiciona-se a hortelã, a champanhe mistura-se tudo cuidadosamente.
Nota: a fotografia é da sangria de romã

A mão de gelo. Use uma luva de plástico transparente encha com água e ponha no congelador 1 dia antes de utilizar. O efeito é óptimo.

Travessuras ou gostosuras?

Docinho de abóbora com coco

Ingredientes:

1 kg de abóbora descascada
2 chávena de açúcar amarelo

4 cravos da Índia
2 canelas em pau pequenas
1 chávena de coco ralado
1 frasco de 200 ml de leite de coco

Modo de Fazer:
Corte a abóbora em cubos pequenos.
Coloque num tacho com o açúcar e o coco ralado e leve ao fogo baixo para que o açúcar desmanche, acrescente a canela e os cravos.
Deixe ferver até que a abóbora esteja bem macia. Amasse com a colher de pau, até o doce comece a ficar cremoso.

Cozinhe em fogo baixo, mexendo regularmente. Quando o doce começar a se soltar do fundo da panela, acrescente o leite de coco. Cozinhe por mais 2 ou 3 minutos. Deixe esfriar e sirva.

quinta-feira, 29 de outubro de 2009

Cajuzinho de Amendoim

Adoro cajuzinho, não como há uns 500 anos, mas amo de paixão, logicamente que no meu tempo, fazíamos na panela, no fogão..., mas não resisti a partilhar esta receita de micro ondas do Empório Xingu, é uma boa dica para a mesa do Halloween ou do Dia das Bruxas

Ingredientes
01 lata de leite condensado
01 colher de manteiga
150 de manteiga de amendoim
150 gramas de farinha de amendoim para finalizar
100 gramas de amendoim torrado sem pele

Modo de preparo

Misture todos os ingredientes em um refractário, leve ao micro ondas por 8 a 9 minutos na potência alta. Mexa após 4 minutos; leve novamente ao micro ondas e mexa novamente após 6 minutos. retire do forno e mexa bem com uma colher de pau.

Espalhe a massa sobre um pano grande untado com manteiga e deixe a massa esfriar completamente.

Enrole os docinho, dando o formato de cajuzinho. Passe na farinha de amendoim. Coloque no lado maior de cada docinho um amendoim para finaliza e coloquem em forminhas propicias para o doce

Farinha Sem Glúten

As receitas abaixo, fazem parte dos informativos das diversas Associações dos Celíacos, espalhadas pelo Brasil , direccionados aos Associados e Famílias dos Celíacos.

Você pode preparar suas receitas adquirindo as féculas e farinhas já prontas.

Caso queira, prepare você mesmo sua própria farinha para preparar bolos, pães, tortas, etc…,


FARINHA SEM GLÚTEN-1
Ingredientes:
1 kg de farinha de arroz;
330 grs de fécula de batata;
165 grs. de araruta;
Modo de preparo: Misturar bem e guardar em pote bem fechado.

FARINHA SEM GLÚTEN-2
Ingredientes:
3 xícaras de farinha de arroz;
1 xícara de fécula de batata;
½ xícara de polvilho doce;
Modo de preparo: Misturar bem e guardar em pote bem fechado.

Emporio Xingu

sexta-feira, 9 de outubro de 2009

Abobrinha com queijo cremoso light 1

Ingredientes

6 fatias de abobrinha italiana
50 g de queijo de soja ralado
Molho de tomate
Ervas finas para salpicar
4 Polenguinhos light

Preparo

Adicione às fatias de abobrinha o molho de tomate salpicado com ervas finas, e disponha sobre elas os pedaços de Polenguinho. Salpique o queijo ralado e leve ao forno para assar. Se preferir, substitua a abobrinha por berinjela.

Rendimento

2 porções

Achei esta receita tambem vem da Revista Vida Natural

quarta-feira, 7 de outubro de 2009

Petit gateau diet 2 - sem açucar

Ingredientes

100 g de chocolate diet
1 colher (sopa) de farinha de trigo integral
2 colheres (sopa) de sucralose
2 ovos
1 colher (sobremesa) cheia de margarina
1 colher (sopa) cheia de aveia

Preparo

Pique o chocolate. Derreta-o em uma panela em banho-maria e junte a margarina, mexendo até que fique homogêneo, liso e brilhante. Em uma vasilha, bata os ovos e a sucralose, até que os ingredientes fiquem bem incorporados. Retire o chocolate do fogo e despeje aos poucos na vasilha com os ovos misturados. Mexa até que os ingredientes estejam integrados. Misture suavemente a farinha de trigo. Unte as forminhas pequenas, próprias para petit gateau, com margarina e farinha, asse em forno preaquecido a 250ºC, de 7 a 10 minutos. O petit gateau deve estar consistente por fora e mole por dentro.

Rendimento

4 porções

Na Revista Vida Natural estava esta receita, aindan ão fiz, mas fica na fila para proximamente vir para o prato!

segunda-feira, 5 de outubro de 2009

Espaguete ao molho de rúcula 1

Ingredientes

500 g de massa integral tipo espaguete
1 colher (sobremesa) de azeite
250 g de ricota passada na peneira
6 tomates maduros picados
½ pacote de folhas de rúcula selvagem
2 dentes de alho picados
1 cebola picada
Sal e orégano a gosto

Modo de Fazer:

Cozinhe a massa em 5 litros de água com sal e um fio de azeite até ficar al dente. Em uma panela, aqueça o azeite, doure o alho, frite a cebola até ficar transparente e junte os tomates picados. Abaixe o fogo, tampe a panela e cozinhe por 3 minutos. Acrescente a ricota e tempere com sal e orégano. Desligue o fogo e junte as folhas de rúcula. Coloque a massa cozida em uma travessa e cubra com o molho quente.

Rendimento

2 porções

Achei esta fabulosa receita na Revista Vida Natural

sábado, 26 de setembro de 2009

Bolinhas de Frango

Minha mãe tinha uma paciência de . Ela fazia umas bolinhas (quase do tamanho das bolinhas de gude) bem pequenas de batata com cheio de frango e de catupiry, como cá em Lisboa não há catupiry, para matar as saudades faço só de frango, mas nunca consegui fazer as bolinhas do tamanho que ela fazia.

Massa:
1 - 500g batatas cozidas e amassadas como puré
2 - 250 ml do caldo de frango temperado
3 - 250 ml de leite gordo
4 - 2 colheres de sopa de manteiga
5 - 1 caldo knor de galinha
6 - sal q.b
7 - 2 chávenas de farinha de trigo

Recheio:
restos de frango assado ou refogado
1 pacote de natas (no Brasil será uma lata de creme de leite)
2 colheres de sopa farinha de trigo
1/2 chávena de leite

Modo de fazer:
Massa:
Como uso a Bimby, coloco os 6 primeiros ingredientes dentro do copo e deixo ferver por 4 minutos a 90º na velocidade 3. Em seguida coloco o 7º ingrediente e aumento a velocidade para 5, por 2 minutos sem temperatura.
Se fizer no tacho coloque os ingredientes, menos a farinha de trigo e deixe levantar fervura, quando ferver , coloque a farinha e mexa bem até descolar do fundo da panela.
Deixe a massa arrefecer, aberta, em uma superfície plana. Depois de fria bata bem a massa, como bateria uma massa de pão.


Recheio
Uso sempre sobras de frango assado ou refogado, desfio bem o frango, sem a pele e com cuidado para tirar todos os ossinhos.
Faço um molho bechamel com o leite e a farinha, a assim que estiver pronto e bem quente coloco as natas, desligo o fogo e deixo esfriar.

Faço as bolinhas, recheio com o frango e passo pelo ovo e pelo pão ralado
É um óptimo aperitivo, se por bem pequeno, se for maior pode acompanhar uma refeição.

segunda-feira, 7 de setembro de 2009

Pastelzinho assado


Ingredientes
•2 xícaras de chá de farinha de trigo integral
•1/2 xícaras de chá de azeite
•1 ovo
•Sal q.b.
•Recheio à gosto
•1 gema para pincelar

Modo de preparo
•Em uma tigela, misture todos os ingredientes.
•Bata bem até formar uma massa homogênea.
•Deixe em repouso por 30 minutos.
•Sobre uma superfície enfarinhada, abra a massa com um rolo.
•Faça círculos com a boca de um copo e recheie à gosto.
•Dobre ao meio e use um garfo para fechar as bordas.
•Disponha em uma assadeira, pincele a gema e leve ao forno, pré aquecido, por 25 minutos ou até que esteja assado e levemente dourado.

Recheios de saudades:
Queijo
Queijo e fiambre
Queijo friambre e tomate
palmito (aqui é sempre dificil encontrar)
Camarão
Picadinho de carne - (carne picada e refogada)
Chamuça .....

quarta-feira, 2 de setembro de 2009

Salada tailandesa estaladiça de Jamie Oliver

Como é do conhecimento geral, o Jamie Oliver é o meu herói.

Adoro suas receitas, sempre que tenho um livro novo, leio como se fosse um romance e só depois vou fazendo e provando seus maravilhosos petiscos. Acho a maneira como Oliver prepara os pratos divina e sem dúvida divertidissima, o rapaz nasceu para isso.

"O que eu mais adoro nesta salada é ser tão estaladiça e saborosa e sabermos que nos faz tão bem. Qualquer combinação dos seguintes ingredientes é óptima: rebentos de soja, pimentos verdes e vermelhos finamente laminados, espinafre bebé, malaguetas-vermelha ou verdes sem sementes laminadas, rúcula, cebolinhas laminadas, pepinos descas casos e sem sementes, couve chinesa ou lombarda, ervilhas de quebrar e ervas aromáticas como hortelã, coentros e manjericão. Regue com o tempero tailandes. Depois polvilhe com um pouco de caju ligeiramente torrado ou semenetes de sésamo. Fantastico. Se quer tormar um pouco mais substancial junte-lhe um pouco de massa chinesa e arrefecida".

Ao voltarmos hoje da praia, foi o nosso almoço de fim de férias. Fotos, ok, fica para a proxima!

Fonte: do velhilho - Regresso à Cozinha pag 67

segunda-feira, 31 de agosto de 2009

Chili com carne

A pimenta chili é a fruta de uma planta da espécie Capsicum da família Solanaceae.


Segundo a wikipédia, o Chili também é um prato muito tradicional da culinária mexicana e texana feito de vários tipos de feijão com carne moída, tomates em pedaços e pimenta, sem esquecer do Polvo de Chili (mistura do pó de pimentas, cominho, alho e orégano), que é um tempero fundamental para o preparo deste prato.

Ingredientes:

400g feijão preto, manteiga ou vermelho demolhado por 24 horas.
400g carne picada
2 dentes de alho
1 cebola média
2 pimentos vermelhos
2 pimentos verdes
1 lata de milho verde
2 chili podem ser substituído pelas pimentas malaguetas
azeite q.b.
sal q.b
4 tomates
molho de coentros
especiarias:
cominhos,
paprica (colorau),
oregãos

Modo de Fazer:

Em um tacho grande refogue em azeite, a cebola, o alho e os pimentos e o chili.Junte a carne picada e envolva tudo muito bem, acrescente a paprica, o cominho, o tomate já pelado e sem as grainhas, o milho verde e o sal. Deixe refogar.

Em seguida, acrescente o feijão já cozido com algum caldo e deixe em lume brando durante cerca de 20 minutos (não deixe secar). Quando já estiver cozinhado polvilhe com um pouco de coentros. Este prato não fica com muito caldo.

Sirva com arroz branco ou não!
Faço sempre muito, e nunca sobra.

Nota: o feijão que fica demolhado por 24 horas não provoca tantos gazes e cozinha em menos da metade do tempo normal.

quarta-feira, 5 de agosto de 2009

Espargos com Ervilhas e Azeitonas

Esta semana dei consulta a uma antiga paciente do Alentejo e ganhei um saco com Espargos.
Eu adoro estes miminhos, não há nada que chegue ao pé destas ofertas.
Fiz Espargos com ervilhas da Elsa, outra prenda.

Ingredientes:
1kg de ervilhas
sal
30 espargos verdes
5 colheres de sopa de azeite
1 estrela de aniz
pimenta
1/2 Limão
10 azeitonas pretas.

Modo de fazer:
Quebrei os espargos tirando a parte dura, atei com um cordel e cozi-os em água fervente com sal, até ficarem macios.
Escorri os espargos sobre um pano limpo. Pelei as ervilhas, pressionando cada grão entre os dedo.
Fervi a água, o azeite, o aniz e um pouco de sal e de pimenta, bati com a varinha magica 1 minuto Juntei o sumo de limão, as lentilhas e as azeitonas....
Não lembrei da fotografia :(

domingo, 2 de agosto de 2009

Doce de FLOR de Melancia.

Em Outubro de 2007 o meu querido Alê, postou um doce bem parecido, mas com o passar dos anos alem de mudar o nome da receita, fui também aprimorando alguns detalhes e resolvi partilhar ! Desta vez, com fotografias passo a passo.

Em minha casa, apesar de todos gostarmos muito de fruta, elas acabam sempre por amadurecer muito, isto porque ninguém vai a fruteira tirar nada, nem uma peça de fruta. Ainda piora bem se tiverem de descascar, abrir ou fatiar, qualquer fruta tanto faz , pode ser laranja, melancia, melão ou abacaxi.

Por isso, assim que compro a melancia, abro separo a parte vermelha, corto em quadradinhos coloco em uma travessa e deixo em cima da mesa, normalmente uma melancia inteira, dura menos de uma hora.

Bom vamos a receita.

Ingredientes:
Casca de melancia
1/2 do peso das cascas de açúcar
1 colher de cravinho
2 ou 3 paus de canela
2 ou 3 folhas novas e pequenas de figueira

Modo de fazer:
As cascas das talhadas, são lavadas (parte de fora, eu prefiro lavar a melancia ainda fechada) e cortadas ,

e recortadas e novamente cortadas
a partir daqui, vou cortar as ditas "pétalas", isto é vou laminar os pedaços
coloco em um tacho com as folhas de figo

o açúcar, os cravinhos e a canela
deixar em fogo baixo por 2 horas
Servir, frio.

Nota:
Mudei o nome, pois cada vez que dizia que era doce da casca da melancia faziam careta, se digo que é da for da melancia (?) acham óptimo. :)
Segredo - deixo sempre um pedaço com a casca verde, da um toque de requinte ao doce.

sábado, 1 de agosto de 2009

Peito de peru enrolado em picles e ricota

Ingredientes para 4 porções:

1 chávena de picles,
1 chávena de ricota,
½ chávena de parmesão ralado,
sal q.b.
2 filés de peito de peru,
½ chávena de farinha de trigo,
pimenta-do-reino q.b. moída na hora
1 ovo,
½ chávena de pão ralado,
2 chávenas de óleo e
1 de tomate em conserva picado,
4 colheres de sopa de azeite,
erva-doce q.b.

Misture numa tigela os picles com ricota, parmesão e o sal. Faça um furo no centro (na parte superior e mais grossa) do filé e ponha dentro recheio. Feche bem com um pedaço de pão. Pane os filés na farinha de trigo temperada com o sal e pimenta-do-reino.
Passe pelo ovo batido e envolva no pão ralado.
Frite em óleo não muito quente até dourar. Tire. Reserve.
Misture numa tigela os tomates, o azeite, o sal restante e as sementes de erva-doce. Sirva com filé fatiado.

sexta-feira, 31 de julho de 2009

Mousse de salmão fumado

Ingredientes para 4 porções:

2 xíc. de pepininho em conserva,
2 folhas de gelatina incolor e sem sabor,
1 pacote de natas
sal q.b.
100 g de salmão fumado,
1 col. (sopa) de azeite,
alface americana em tiras finas,
pepininho em conserva para decorar.

Coloque os pepininhos numa panela.
Leve ao fogo. Deixe ferver. Retire do fogo. Reserve.
Numa tigela refratária, hidrate a gelatina em 1/2 xíc. de água e dissolva em banho-maria.
Bata no liquidificador a gelatina com o pepininho, as natas e o sal.
Despeje em 4 formas (capacidade de 150 ml cada) umedecidas.
Deixe no frigorifico por 2 horas, ou até a mousse ficar firme.
Para servir, desenforme e junte salmão.
Regue com azeite e sirva com alface e Pepininhos em conserva para decora

quinta-feira, 30 de julho de 2009

Pepino azedo

Os pepininhos usados em conservas pertencem à mesma espécie do pepino comum (Cucumis sativus). São originários do Himalaia, porém o fruto é cultivado há milênios na Índia e usado como legume. Levada para o Egito, a espécie se espalhou. Hoje é cultivada em quase todo o planeta. A família das cucurbitáceas, à qual pertence, é importante entre as hortaliças. Embora seja planta rasteira, cresce melhor quando tutorada, protegendo o fruto das doenças adquiridas no contato com o solo. Fazse conserva de pepino em inúmeros países. Na Hungria são populares as preparadas no verão, chamadas kovászos uborka. O vidro com a mistura de pepininhos, salmoura e temperos é deixado a fermentar por alguns dias em local quente. No Brasil, a conserva é feita sobretudo na Região Sul, onde recebe o nome "pepino azedo". As conservas, tanto em salmoura quanto em vinagre, podem levar sementes de endro ou alcaravia, folhas de louro e pimenta-do-reino em grão. O pepininho entra em pratos frios como saladas e sopas geladas. Combina bem com iogurte, maionese e ervas, principalmente a hortelã, a menta, poejo e folha de endro.

COMO SE PREPARA

Prepare pepino em conserva em casa.
É fácil.
Faça uma salmoura. Misture 2 litros de água, 2 col. (sopa) de sal, 10 folhas de louro e 8 alhos inteiros, descascados.
Leve ao fogo e, ao ferver, desligue.
Tampe a panela e espere amornar.
Enquanto isso, lave bem 1/2 quilo de pepininhos com até 8 centímetros de comprimento.
Corte as extremidades dentro de bacia com água e raspe um pouco a casca, para que a salmoura tenha condições de penetrar.
Ajeite os pepinos em dois vidros de conserva aferventados e secos.
Cubra-os com a salmoura morna e os temperos.
Deixe esfriar.
Tampe os vidros e guarde na geladeira Espere uma semana para usar.

FICHA TÉCNICA

100 g de pepino em conserva
De salmoura contêm:
Calorias - 18
Proteínas - 0,62 g
Carboid. - 4,12 g
Gordura - 0,191 g
Fibras - 1,2 g
Vit. B1 - 0,014 mg
Niacina - 0,006 mg
Folacina - 1 mcg
Vit. C - 1,91 mg
Cálcio - 9 mg
Ferro - 0,531 mg
Magnésio - 11 mg
Fósforo - 21,1 mg
Potássio - 116 mg
Selênio - 1,1 mcg
Sódio - 1282 mg
Zinco - 0,14

Fonte: Caras

quarta-feira, 29 de julho de 2009

Molho Pesto

Ingredientes:

Azeite de oliva extra virgem
1 dente de Alho
1 tomate cozido sem pele e sem sementes* ().
1 ramo de Manjericão fresco
1 chavena de pinhões ou de nozes
Sal q.b.
Parmesão ralado q.b.

Bater tudo no liquidificador e pronto!

Nota:
* Dica: é o que o faz ficar cremoso, mas precisa ser pouco. Um tomate para umas seis pessoas já é o suficiente

terça-feira, 28 de julho de 2009

Tomates recheados

100 g de manteiga
6 tomates maduros
sal q.b.
pimenta q.b.
300 g de bacon
200 g de cogumelos
molho de tomate q.b.
1 colher de sopa de mistura de ervas aromáticas (cominho limão, orégão e tomilho)
3 colher de sopa de queijo ralado

Corte os tomates ao meio e apare as pontas (para que eles fiquem em pé).
Retire a polpa e escave um pouco. Tempere-os com sal e pimenta e disponha-os num pírex de ir ao forno previamente barrado com manteiga.

Entretanto, pique os cogumelos, corte o Bacon aos pedaços e salteie ambos em manteiga, numa frigideira anti-aderente.
Deite um pouco de molho de tomate, junte as ervas aromáticas e o queijo ralado, e tempere.
Recheie os tomates com este preparado, cubra com papel de alumínio e leve a forno médio até ficarem macios.

domingo, 26 de julho de 2009

Espargos salteados com ovo de cordoniz

1 cebola
3 colheres de sopa de azeite
1 dente de alho
6 ovos de cordoniz
1 molho de espargos verdes cozidos
50g de presunto numa só peça
pimenta q.b.
sal q.b.
tomate para salada

Em um tacho refogue em azeite, o alho picado e a cebola descascada e cortada em meias-luas.
Leve ao lume e deixe a cebola ficar translúcida, adicione os espargos cozidos cortados e refogue, mexendo sempre.
Depois de aproximadamente 5 minutos junte, o presunto aos cubinhos e os ovos de cordonizes mal batidos.
Deixe no lume até a gema coalhar ligeiramente.
Tempere com pimenta e pouco sal. Sirva de imediato com salada de tomate.

Espargos: Cozinhe-os 'al dente' depois de descaca-los (do meio para baixo) e atar um cordeu a volta dos espargos.

sábado, 25 de julho de 2009

Salada Verde com Coentros e Laranja

Alface
Rucula selvagem
2 laranjas
Coentros
4 colher de sopa de azeite
1 cebola
1 colher de sopa de sumo de limão
sal q.b.
pimenta q.b.

Corte as laranjas já descascadas em rodelas bem finas. Reserve
Não perca o sumo das laranjas. Reserve.
A cebola deve ser finamente picada, assim como os coentros.
Deite tudo numa vasilha verta o azeite, o sumo do limão, o sumo da laranja e uma pitada de sal e de pimenta.
Bata tudo com varas de arame.
Deite numa saladeira as folhas de alface rucula e a e disponha à volta as rodelas de laranja.
Regue com o molho e decore com juliana muito fina de casca de laranja.

Molho: Espalhe-o na salada só no momento de servir, para as folhas não amolecerem.

Tirei esta receita da revista caras.

terça-feira, 23 de junho de 2009

Chá gelado


Chegamos em casa e estávamos todos derretendo, por isso resolvi fazer um chazinho.
Alias qualquer coisa que fosse liquida e fresca era muito bem vinda, pois o calor aqui está bravo!!!

Ingredientes:
1 colher de chá de chá preto
2 colheres de sopa de flores de jasmim
1 limão
1 colher de sobremesa de açúcar
MUITO gelo!

Bater tudo em um processador, eu usei a minha Bimby.

sexta-feira, 12 de junho de 2009

Soja: Grão maravilha

Acelera o metabolismo, estimula o intestino, alimenta os músculos. Você só tem a ganhar quando transforma a soja – um dos alimentos funcionais mais falados no momento – numa aliada da sua dieta. E existem várias formas (todas gostosas!) de colocá-la no prato

Depois de ser coroada com o título de grão-maravilha, tamanho os benefícios proporcionados à saúde, a soja virou uma verdadeira febre. Pudera: além dos listados nesta matéria, essa leguminosa ajuda a prevenir câncer de mama e reduz os sintomas da TPM e da menopausa. Quando não é o ingrediente principal – caso do missô (pasta de soja), tofu (queijo de soja), shoyu (molho de soja) –, entra como coadjuvante na fórmula de sucos, barrinhas, sorvetes e até chocolate. O sabor? Prove as receitas e os produtos que mostramos a seguir e resista se for capaz!

A onda de industrializados à base de soja é ótima também para quem quer perder peso e ganhar músculos. “O grão é um dos raros alimentos de origem vegetal com proteína completa. Traduzindo: assim como a carne, carrega todos os aminoácidos essenciais, importantes, entre outras funções, para a construção dos músculos”, afirma Renata Buzzini, nutricionista da Rbuzzini Nutri, em São Paulo. Claro que a musculatura só aparece se você combinar porções de soja a exercício. Mas não exagere na dose, pois, em excesso, engorda. Então, como é que ajuda a emagrecer? É porque tem substâncias que aceleram o metabolismo e fibras que estimulam o intestino.

Para conseguir os efeitos comprovados pela ciência, fique com pelo menos 25 gramas da proteína isolada de soja. Isso equivale a duas porções do grão e derivados. “Pode ser duas colheres do grão cozido mais um copo (200 ml) de leite de soja ou duas fatias de tofu”, diz Renata. Você nem imagina como pôr esse alimento no prato? BOA FORMA vai ajudá-la nessa missão!

Coração protegido, será?

Você já ouviu falar que as isoflavonas da soja reduzem o LDL, o colesterol ruim. Estudos atuais divulgados pela Associação Americana do Coração confirmam essa ação – só que numa porcentagem menor (cerca de 3%) que a revelada nos estudos anteriores feitos na China e no Japão. Motivo para doar o pacotinho de soja estocado na gaveta do escritório? Nada disso. “A soja continua sendo um alimento saudável e uma ótima alternativa de proteína completa”, afirma a nutricionista Liliana Bricarello, da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), que há sete anos estuda os benefícios desse alimento.

GRÃO, PASTA, QUEIJO, LEITE...

Existem vários produtos derivados da soja no mercado e inúmeras maneiras de incluí-los nas sua dieta

Soja em grão

O grão tem entre 30 e 42% de proteína completa – quantidade e qualidade próximas a da carne vermelha, com a vantagem de ser livre de gordura saturada. Ainda é fonte de fibras, isoflavonas, ferro e cálcio. Cozido, pode ser transformado em salada ou usado em sopas ou, ainda, substituir o feijão. No livro Soja: Nutrição e Saúde (editora Alaúde), a autora, Conceição Trucom, dá a receita básica para cozinhar o grão: despeje quatro xícaras de chá de água fervente sobre duas xícaras de chá de soja seca. Escorra e lave em água corrente. Volte a deixar os grãos de molho em quatro xícaras de chá de água fria por quatro horas. Escorra e lave novamente em água corrente, esfregando os grãos entre a palma das mãos para retirar a casca. Coloque na panela com seis xícaras de chá de água temperada com sal e suco de meio limão. Cozinhe por 15 minutos na pressão.

Proteína isolada de soja

Na forma de pó, possui um teor de proteína entre 80 e 90%, dependendo do fabricante. Você pode misturá-la no suco de fruta ou no shake – usado nas dietas de emagrecimento porque a proteína de soja, segundo estudo alemão publicado no conceituado Jornal Internacional de Obesidade, ajuda a reduzir as gordurinhas. Tal poder tem a ver com substâncias (arginina e lisina) presentes no grão, que estimulam o corpo a produzir glucagon – um hormônio com ação termogênica, ou seja, que acelera o metabolismo e favorece a perda de gordura. Seu objetivo é ganhar músculo? Esse derivado da soja também é para você. “Mas, nesse caso, é importante consumir o shake protéico até uma hora antes de malhar ou logo após”, ensina a nutricionista Paula Corrêa, da Clínica e Empório Equilíbrio Nutricional, em São Paulo.

Tofu (queijo de soja)

Popular no Japão, o tofu – rico em cálcio, proteína e isoflavonas – é uma espécie de queijo feito com o leite da soja. É macio, quebradiço e, por ser poroso, absorve os temperos com facilidade. Na culinária oriental, geralmente, é temperado com shoyu e gengibre ralado. Mas pode ser grelhado ou transformado em molhos, maionese ou patê.

Proteína de soja texturizada

Fina, média ou grossa, a proteína texturizada de soja (PTS) é o derivado de soja mais versátil. Faz as vezes da carne em vários pratos, pois tem a consistência muito próxima. Além disso, é uma ótima fonte de proteína para quem é vegetariano ou dá preferência a alimentos sem colesterol. O preparo da PTS é muito rápido. Depois de hidratada e escorrida, é só refogar com cebola, azeite e sal. Acrescentar pedaços de tomate, salsa e azeitona. Fica uma delícia com arroz ou como recheio de pastel, panqueca ou torta.

Missô e shoyu


Esses dois produtos, derivados da soja fermentada, são os mais conhecidos no Brasil. O missô é resultado da mistura de soja, arroz e sal marinho. Tem a textura de uma pasta levemente salgada e de cor marrom. Pode ser usado no preparo de sopas, patês e tempero de saladas e refogados. Já o shoyu, aquele molho que acompanha o sushi no restaurante japonês, é bem salgado. Por isso, deve ser consumido com moderação, de preferência na versão light.

Leite de soja


Também conhecido como extrato de soja, tem o aspecto do leite de vaca. Mas, por ser de origem vegetal, não tem colesterol – uma vantagem e tanto. É ideal para quem evita alimentos de origem animal ou tem intolerância à lactose e à proteína do leite. Pode ser consumido puro ou usado no preparo de vitaminas de fruta, bolos, biscoitos, pães e doces.


Fonte: Boa Forma
por Eliane Contreras

terça-feira, 9 de junho de 2009

Kibe frito - Vegetariano

Ingredientes
1 copo de trigo para kibe
500 g de soja fina demolhada
1 chávena de semente de linhaça moída
1 cebola grande
4 dentes de alho
1 folha de hortelã fresca
pimenta moida q.b.
sal q.b.

Modo de Preparo:
Ponha o trigo de molho por 20 minutos. Escorrer o excesso da água e com as mãos esprema o trigo para ficar seco.
Coloque a linhaça em uma vasilha e cubra com água  e coloque mais uma chávena de água
Junte a soja fina escorrida e misture bem. Pique fino a cebola, a hortelã e o alho.
Misture tudo. Amasse e trabalhe como se fosse massa de pão.
Frite em óleo bem quente, até ficarem morenos e crocantes.
Cortei Courgettes bem fina e passei pela frigideira com umas gotas de azeite.
Experimente. É óptimo