quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

NEIMAN-MARCUS COOKIES HOUSE RECIPE

2 xícaras de manteiga
4 xícaras de farinha de trigo
2 colheres de bicarbonato de sódio
2 xícaras de açúcar
5 xícaras de aveia liquidificada
(meça a aveia e depois liquidifique até convertê-la em pó)
24 onças (800 gramas) de raspas de chocolate
2 xícaras de açúcar mascavado
1 colher de sal
1 barra de chocolate Hershey de 8 onças (264 gramas) (ralada)
4 ovos
2 colheres de fermento em pó
2 colheres de baunilha
3 xícaras de nozes trituradas (se assim o desejar)

Modo de fazer:
Bata a manteiga com os dois açúcares até formar um creme.
Adicione os ovos e a baunilha.
Misture com a farinha, a aveia, o sal, o pó de fermento e o bicarbonato.
Agregue as raspas de chocolate, a barra ralada de chocolate e as nozes.
Faça pequenas bolinhas (do tamanho de uma moeda de 5O centavos ligeiramente comprimida.
Elas se expandirão no forno tomando a forma de bolachas) e coloque numa forma separadas 5 cm umas das outras.
Mantenha no forno a 375 graus por 10 minutos.
Esta receita rende 112 bolachas.

A Historia....
A receita está acima...mas, para ficar mais saborosa, precisa ler o texto antes...é como se fosse um ingrediente indispensável...!
Bom apetite...!

VINGANÇA À MODA MEXICANA

Esta é uma história real enviada por um empresário do México, acontecida quando estava de férias nos Estados Unidos.

Depois de lê-la, acho que todos estarão de acordo que o empresário merece que o ajudemos em sua vingança e, de quebra, saboreamos umas deliciosas bolachas!!

Aí vai a história:
=====================
Por GERARDO BARRERA DE NEGRI, GERENTE das LIBRERÍAS GANDHI, S.A. DE C.V. - MEXICO
"Minha filha e eu acabavamos de comer uma salada na Neiman-Marcus em Dallas, Texas (Neiman-Marcus é uma loja de departamentos muito exclusiva e cara dos Estados Unidos) e decidimos pedir uma pequena sobremesa.
Como ambos somos vidrados em bolachas concordamos em provar as bolachas 'Neiman-Marcus'.
As bolachas eram tão gostosas que perguntei se podiam dar-me a receita ao que a garçonete respondeu com um pequeno muchocho : 'temo que não'.
- Bem, eu disse, me permitiriam comprar a receita?
- Sim ! ela respondeu com um sorriso encantador.
Perguntei, então, quanto custava e ela respondeu:
- Dois e cinqüenta...
- É um bom negócio, eu disse com aprovação. Debite em meu cartão de crédito!
Trinta dias depois recebi meu extrato da conta de Neiman-Marcus com um lançamento total de US $ 285.00. Revisei novamente e me lembrei que só havia gasto US $ 9.95 pelas duas saladas e cerca de US $ 20.00 por um cachecol. Mais abaixo no extrato estava escrito : 'Receita de Bolachas - US $ 250.00'.
- Isto é uma loucura! Pensei.
Telefonei para o Departamento de Contas de Neiman-Marcus e expliquei que a garçonete me havia dito que eram 'dois e cinqüenta', o que sob nenhuma interpretação da frase significa duzentos e cinqüenta dólares.
Neiman-Marcus se negou a negociar. A atendente disse que não fariam nenhum reembolso, pois segundo eles 'o que a garçonete disse não é nosso problema e o senhor já levou a sua receita, assim, de nenhuma maneira lhe devolveremos o dinheiro'.
Nessas circunstâncias, mencionei o estatudo de Crimes que regem as fraudes no estado do Texas e os ameacei denunciá-los no 'Better Business Bureau', algo parecido como os órgãos de Defesa do Consumidor) e na Promotoria Pública por fraude.
Basicamente responderam:
- 'Faça o que quiser. Não queremos nem saber. Não lhe devolveremos o dinheiro!'
Esperava, pensando em resolver numa boa, ou, pelo menos recuperar uma parte do meu dinheiro, assim que só disse:
- Muito bem! Vocês surrupiaram os meus US $ 250.00, mas eu me encarregarei de que cada pessoa que goste de bolachas, que tenha um endereço de correio eletrônico, obtenha gratuitamente a receita de US $ 250.00 das bolachas de Neiman-Marcus!
A atendente respondeu:
- 'Desejaríamos que não o fizesse'.
- Bem, deviam ter pensado nisso antes de roubar-me! E bati o telefone.
ASSIM É QUE AQUI ESTÁ A RECEITA.
POR FAVOR... POR FAVOR, PASSEM-NA A TODAS AS PESSOAS QUE LHES OCORRA ENVIÁ-LA.
Paguei US $ 250.00 por ela, é minha e não quero que Neiman-Marcus obtenha nem um centavo mais por esta receita, assim é que aí a envio.
Se você é mulher, garanto que deixarão seus maridos fascinados. Se são homens, digam a suas esposas que as preparem, lhes encantarão. Mas se as fizerem juntos o resultado será inesquecível.

Veja as imagens...
Fonte recebi por email....

segunda-feira, 22 de novembro de 2010

Sushi p/ Quem Não Gosta de Sushi - Paneloterapia

Outro post DIVINAL de sushi da Tatiana da Paneloteria!
Não é o meu caso, porque eu AMO comida japonesa! Mas achei essa receita bonitinha, com uma apresentação legal. Esse sushi é feito de pão de forma! Eu já mostrei essa receita aqui no blog há muuuito tempo atrás, mas dessa vez fiz com recheio de atum (manja aquele patê de atum com cenourinha ralada e maionese?).

O recheio pode ser o que você quiser. Retire a casca de uma fatia de pão de forma passe o rolo de macarrão sobre ele para ficar fininho. Coloque o recheio, faça um rolinho e embrulhe como bala usando o papel alumínio. Mantenha o rolinho embrulhado na geladeira por pelo menos 2 horas para que pegue bem o formato. Abra os rolinhos, fatie, passe na maionese (usei creme de ricota) e role sobre gergelim (que pode ser branco ou preto).
Mas ó, já vou avisando: não é tão fácil de fazer como parece, porque o pão é molinho e se não tiver a mão muuuito leve ele desmancha! Então sejam delicadas ok?

Fonte: Passem por lá http://www.paneloterapia.blogspot.com/, vocês vão amar!

Nasceu o Facebook do "Comer Naturalmente
ou
Se quer receber nossas actualizações automaticamente.
Basta cadastrar-se
CLIQUE AQUI

domingo, 21 de novembro de 2010

Sushi de Pão - Paneloterapia!

A Tatiana tem um blog (paneloterapia.blogspot.com) que é um sonho, bem escrito, com fotografias lindas, receitas de tirar o chapéu. Vale a pena ir ver
Sushi de Pão


Já que estou nesta onda oriental... Essa receita eu vi em vários lugares, mas o primeiro lugar que peguei foi na comunidade do orkut. O recheio eu adaptei totalmente, de acordo com o que tinha na geladeira. Essa receita é boa porque tem muita gente que não gosta do tradicional sushi. Na verdade é um lanchinho com roupinha de Sushi.


Tire a casca de algumas fatias de pão de forma (pode ser integral). Passe o rolo de macarrão sobre cada fatia já sem casca como se estivesse abrindo uma massa, elas ficarão fininhas como um papel.

Depois desse passo é só usar a criatividade. Eu fiz uma pastinha com creme de ricota, mostarda e temperei com sal e pimenta. Espalhei uma fina camada nas fatias. Coloquei alface, fatias de presunto e mais uma camada de creme. Enrolei cada fatia como um rocambole. Fica como uma panqueca pequena. Cortei ao meio (cada fatia de pão faz 2 sushis). Passei um pouco da pasta por fora dos rolinhos e deitei sobre um punhado generoso de gergerlim.
A apresentação é linda e dá p/ fazer doce também. Mil ideias pipocando na minha cabeça!!!
Blog a visitar: Paneloterapia.blogspot.com

Nasceu o Facebook do "Comer Naturalmente
ou
Se quer receber nossas actualizações automaticamente.
Basta cadastrar-se
CLIQUE AQUI

sábado, 20 de novembro de 2010

Aletria especial de Natal

Minha filhotinha ama massa, seja da maneira que for. No Natal nao pode faltar as aletrias

Ingredientes:
75 g de aletria
100 g de açucar
4 gemas
1/2 l de leite
15 g de manteiga
sal
canela
casca de limão q.b.
água para cozer a massa q.b.


Modo de fazer:
1.Cozer a aletria em água e sal durante cinco minutos.
2.Retire do lume e deixe escorrer.
3.Adicione o leite e a casca de limão à aletria escorrida.
4.Leve ao lume até cozer.
5.Adicione o açúcar e deixe levantar fervura.
6.Retire do lume para um pirex ou para taças individuais.

Nasceu o Facebook do "Comer Naturalmente
ou
Se quer receber nossas actualizações automaticamente.
Basta cadastrar-se
CLIQUE AQUI

quinta-feira, 18 de novembro de 2010

Filhós de Abóbora para o Natal

Filhós de Abóbora um doce que faltou nas nossas Natal

Ingredientes:
1 kg de abóbora-menina
1,250 kg de farinha de trigo
50 gr de fermento de padeiro
1 cálice de aguardente
azeite q.b. para fritar
canela q.b.
açucar q.b.

Modo de fazer:
1. Com a abóbora descascada e limpa de sementes corte-a em cubos regulares.
2. Coloque a abóbora a cozer.
3. Quando esta estiver cozida, retire-a da água, deixe escorrer 12horas
4. Depois de escorrida, misture-a com a farinha num alguidar e amasse tudo muito bem em conjunto. 5. Dilua o fermento num pouco de água da cozedura da abóbora. Junte o fermento diluído e a aguardente à massa, trabalhando-a muito bem.
6. Depois de bem amassada, deixe levedar dentro do alguidar, tapada e dentro do forno desligado. 7.Quando a massa estiver bem lêveda, coloque ao lume uma frigideira com azeite, o qual deve ficar bem quente.
8. Comece a fritar, deitando a massa com a ajuda de duas colheres, tipo pastel de bacalhau.
9. Depois de fritas, passe as filhós por uma mistura de canela e açucar ou por mel.

quarta-feira, 17 de novembro de 2010

Pudim de Pão para o Natal

Já fiz a árvore então porque não pensar nas Receitas de Natal

Ingredientes:
250g de pão
250g de açúcar
100g de amêndoas pelada e em lascas
50g de passas
100g de frutas cristalizadas
125g de margarina derretida
1 colher de chá de canela
sumo e raspa de 1 laranja
1 cálice de rum
5 ovos
1 colher de leite
margarina para untar a forma
açúcar para polvilhar

Modo de Fazer:
1. Corte as frutas em pedaços pequenos.
2. Peneire o açúcar.
3. Corte o pão em pedaços, acrescente leite fervido, tape e reserve.
4. Quando estiver macio, esmague-o bem,
5. Junte os ovos batidos, as frutas todas, a margarina derretida, o sumo e as raspas de laranja, a canela e o rum e misture bem.
6. Unte a forma com margarina, polvilhe-a com açúcar, e cozinhe em banha-maria por aproximadamente meia hora
7. Verifique se está cozido e deixe arrefecer. Desenforme e sirva.

sábado, 13 de novembro de 2010

Massa Filo e massa Brick

Resolvi fazer empadas de queijo. só que já cansada das empadinhas de queijo vulgares, resolvi sofisticar.
Saíram M*A*G*N*I*F*I*C*A*S, uma melhor que a outra.



Ficou mais vistosa a que usei a massa Filo, mas a mais gostosa sem dúvida foi com a massa Brick.
Massa Brick:
Tirei a receita do cybercook, mas a minha foi comprada no El Corte Ingles,
Receita da massa é simples:
2 xic. de farinha de
trigo (ou de arroz, ou mistura de ambas) - 2 xic. de
água - 2 colheres de óleo - 1/2 colher de
chá de sal. Misturar tudo e deixar descansar por meia
hora.

O processo de assar é um pouco mais complicado:
Colocar uma frigideira antiaderente sobre uma panela de
água fervente, bem ajustada, de modo que o vapor
não escape (tipo banho-maria). Pincelar a massa na
frigideira sem untar. Quando estiver cozida, soltar as
bordas com delicadeza, retirar da frigideira e manter
coberta para não ressecar. Repetir o processo
até acabar a massa.

Se não tiver frigideira antiaderente, pincelar um
pouco de gema na frigideira quente e limpar com papel toalha
antes de colocar a massa. Repetir o processo a cada folha
assada. A gema cria uma película antiaderente na
frigideira.

Se não for usar as folhas de brick no mesmo dia,
é conveniente pincelar com um pouco de óleo ou
manteiga derretida e guarda-las embrulhadas, uma a uma, em
plástico filme. Porém, elas não se
conservam por tanto tempo quanto a massa industrializada.

Como é um processo delicado e demorado, compensa mais
comprar a massa harumaki pronta e usar nas receitas que
pedem brick.


Massa Filo
Esta massa eu tambem comprei pronta, mas fica aqui uma receita muito divertida

Para o recheio, usei uma receita bem velhinha do meu livro encantado de receitas.
Ingredientes:200g de queijo mussarela
1 colher de manteiga
3 ovos
1 pacotinho de natas
1 pitada de sal

Modo de fazer:Leve ao lume baixo, um tacho pequeno. Coloque a manteiga e deixe derreter, coloque os ovos batidos e as natas continue batendo como se fosse fazer uma omelete. Assim que os ovos estiverem mais ou menos rijos, coloque o queijo ralado e mexa até a massa estar totalmente homogenia.

Nasceu o Facebook do "Comer Naturalmente
ou
Se quer receber nossas actualizações automaticamente.
Basta cadastrar-se
CLIQUE AQUI

sábado, 6 de novembro de 2010

Sopa de castanhas piladas

Vem ai o São Martinho e enquanto o meu sogro foi vivo nesse dia, era hábito comermos sopa de castanhas piladas.

Ingredientes
350 Gramas Castanha pilada:
300 Gramas de feijão vermelho
1 tira grossa de Toucinho com sal
1 chouriço
300 Gramas de massa de cotovelos
150 Gramas de Arroz:
Sal qb


Modo de Fazer

Lave as castanhas e de véspera deixe-as de molho cobertas de água.
Deixe o feijão demolhando de um dia para o outro.

Em tacho grande
Corte o toucinho e leve ao lume para derreter.
Acrescente um litro e meio de água e junte o feijão demolhado de véspera
Deixe cozinhar até ficar bem macio.
Na panela de pressão, coza as castanhas em água com sal.
Antes de ficarem totalmente cozidas adicione a massa e o arroz. Não volte a fechar a panela de pressão

Cinco minutos antes de retirar do lume, deite o feijão já cozido e a água na panela que tem as castanhas.


Verifique o tempero e deixe apurar em lume baixo.
Sirva quente.

sexta-feira, 5 de novembro de 2010

Pudins frios de castanhas Portuguesas





Ingredientes
300 g de castanhas cozidas e descascadas
150 g de açúcar + 4 colheres sopa açúcar
2 pacote de natas
2 ovos
2 folhas de gelatina
1 colher de sopa de vinho do Porto

Preparação
Bata 1 pacote de natas e reserve no frigorífico.
Reduza as castanhas a puré.
Molhe as folhas de gelatina em água fria, escorra e misture com as castanhas (resulta melhor se as castanhas ainda estiverem quentes).
Bata as gemas com metade do açúcar até obter um creme esbranquiçado. Junte à mistura anterior e acrescente o vinho do Porto.
Misture bem. Acrescente as natas. Por fim, bata as claras em castelo com o restante açúcar e envolva-as cuidadosamente na massa.
Prepare umas forminhas de pudim, passando-as por água fria para facilitar o desenformar dos pudins. Distribua a massa e leve ao frigorífico por 2 horas.
Entretanto, prepare o chantilly, batendo o pacote de natas que sobrou com 4 colheres de açúcar.
Desenforme os pudins, mergulhando as formas em água quente.
Enfeite com chantilly e com castanhas glaceadas.

Sugestões
Pode usar castanhas congeladas para facilitar

Receita do sabores sapo










A castanha ainda na árvore!!!!

segunda-feira, 4 de outubro de 2010

Beijú -


A minha irmã veio visitar-me e trouxe algumas receitas a primeira de Beijú de São Salvador da Bahia...

Receita optima e sem nenhum segredo.

A massa é muito simples de fazer:


Ingredientes:
uma chávena de chá de polvilho doce
uma pitada de sal .

Modo de fazer:
Humedeça o polvilho com colheres de água para fazer uma farofa húmida. Se colocar muita água, a massa fica como se estivesse derretendo, ai é só colocar mais um pouco de polvilho. Depois de "esfarofado" passe por uma peneira.
Coloque numa frigideira quente umas 2 ou 3 colheradas e espalhe um pouco
Deixe o fogo baixo para não queimar e vire tipo panquecas (crepes).

Recheio com a massa ainda quente. Pode ser coco ralado adoçado, ou então queijo mussarela e fiambre... Eu comi sem nada... YNHAMIIIIIIII!!!!!

segunda-feira, 30 de agosto de 2010

Broinhas de fubá

Adoro o blog bacalhau com batatas e não resisti a receita de broinha de fubá mineiro, alem disso, vem com uma historinha bem caipira...
Li o texto e fiz na mesma hora... ficaram assim....



Ingredientes:
¾ de xícara de fubá (farinha de milho),
¼ xícara de trigo,
½ xícara de açúcar,
1 pitada de 3 dedos de sal,
75 gramas de manteiga,
3/4 xícara de leite,
½ xícara de água
3 ovos
1 pitada de 3 dedos de erva doce


Modo de fazer:
Separe todos os ingredientes. Os secos numa vasilha. Aqueça o leite com a água e 50g da manteiga até formar um colar de bolinhas. Adicione todos os secos de uma única vez. Misture vigorosamente com uma colher de pau para poder umedecer todos os secos. Cozinhe um pouco até começar a dar sinais de pegar no fundo da panela sem parar de mexer.
Deixe esfriar. Uns 15 minutos. Adicione um a um os ovos até que fiquem totalmente incorporados. Eu usei a Bimby.

Aqui a "porca torceu o rabo" e eu não consegui fazer as broinhas, por isso fiz tipo pastel de bacalhau, com duas colheres ... Ficaram DIVINIAS!!!


Mas na receita original as indicações eram....

"Unte uma xícara de fundo arredondado e polvilhe com fubá. Encha generosamente uma colher com a massa e com a ajuda da outra colher, coloque na xícara. Faça movimentos circulares até formar uma bolinha. Coloque no tabuleiro previamente untado (pode ser com óleo vegetal) e leve ao forno médio. Asse até dourar"

domingo, 29 de agosto de 2010

Inclinar o copo para servir champanhe economiza bolhas, dizem cientistas

Os cientistas dizem ter examinado dois modos de encher uma taça de champanhe

Cientistas franceses afirmam ter resolvido uma questão que há tempos divide os amantes do champanhe: qual a Melchor forma servir o espumante? Resposta: é com a taça inclinada, e não na vertical.

Os pesquisadores da Universidade de Reims dizem que servir a bebida com ataca inclinada, como se faz com cerveja, preserva mais das minúsculas bolhas de gás que reforçam o sabor e o aroma do espumante.

O estudo - Das Perdas de CO2 Dissolvido Durante o Serviço do Champanhe - aparece no periódico Journal of Agricultural and Food Chemistry, uma publicação dos Estados Unidos.

Os cientistas dizem ter examinado dois modos de encher uma taça de champanhe: o método "tradicional", em que o líquido é derramado verticalmente para atingir o fundo da taça; e o "método cerveja", executando com uma inclinação da taça e permitindo que o champanhe deslize pelo vidro.

Eles disseram que o estudo diz respeito não só a fãs do champanhe, mas também aos fabricantes de copos. Eles destacam que a indústria busca uma "nova geração" de taças para champanhe, capaz de controlar a liberação de dióxido de carbono, o gás que dá agulha à bebida.

Os pesquisadores usaram garrafas da safra 2008 da Cooperativa Nogent l'Abbesse para determinar como os métodos de servir afetavam a liberação de CO2.

Foram usados dois métodos para medir a quantidade de CO2 em cada serviço, e foram testadas garrafas resfriadas a diferentes temperaturas. Champanhe servido como cerveja reteve mais gás que o champanhe servido de forma a criar um colarinho de "mousse", ou espuma.

E quanto mais fria a garrafa, menos gás se perde.

O artigo não informa se degustadores profissionais foram chamados para confirmar as descobertas, mas o principal pesquisador é Gerard Liger-Belair, um químico cujo livro Uncorked: The Science of Champagne (Desarrolhado: a Ciência do Champanhe) recebeu críticas positivas quando foi lançado em 2004.

Fonte:Estadão

sexta-feira, 20 de agosto de 2010

Tapioca com gengibre

Aprenda a preparar, uma dica que vem de Tapiraí, em São Paulo.

INGREDIENTES:

Ingredientes da massa:

200 gramas de polvilho doce
2 colheres gengibre ralado
1 colher de chá de sal
100 ml de água

Ingredientes do recheio:

100 gramas de frango desfiado e temperado
100 gramas queijo
1 colher de gengibre ralado

MODO DE PREPARO:

Misture o polvilho, o sal e o gengibre com a água e misture bem. Amasse bem até a água incorporar toda na massa. Depois, passe a massa por uma peneira. Jogue o gengibre que sobra dentro da peneira dentro da massa e misture. Coloque a massa numa frigideira bem quente. Espalhe e adicione o frango, o queijo e gengibre. A tapioca fica pronta em menos de cinco minutos no fogo.


Fonte: Globo Rural

terça-feira, 17 de agosto de 2010

Quiabo na moranga

Aprenda a preparar o quiabo com carne seca na moranga, uma receita do Marcão, um aposentado mineiro apaixonado pela cultura.

INGREDIENTES:

2 colheres de manteiga
1 quilo de quiabo
1 quilo de carne seca
1 cebola grande picada
1 abóbora moranga grande
tempero a gosto

MODO DE PREPARO:

Limpe a abóbora e passe a manteiga. Coloque o tempero. Enrole a abóbora no papel alumínio e deixe no forno por cerca de uma hora e 20 minutos. Frite o quiabo por cerca de dois a três minutos para cortar a baba. Em outra panela, frite a carne seca com a cebola. Então, misture o quiabo à carne. Frite tudo e coloque na moranga. E está pronto o prato.


Fonte: Globo Rural

sexta-feira, 30 de julho de 2010

DICAS 7 - ELABORAÇÃO DA MASSA DE PÃO

Adorei as dicas, e não pude deixar de partilhar.

Se pensarmos que num pão que fazemos em casa colocamos 1 a 2 colheres (chá) de fermento seco, o que equivale a 15-20g do fermento biológico fresco, imaginem a quantidade que uma padaria deve gastar. Pois é, eles não gastam nem metade dessa nossa quantidade prevista. Usam - e usam muito bem - a capacidade de reprodução das leveduras e bactérias contidas no fermento biológico, acrescentando pouco fermento fresco (novo) de cada vez.

Genericamente podem ser tomados 4 formas de elaboração da massa de pão:

1- Normal. Misturando todos os ingredientes para a massa de pão, incluindo o fermento. Esta massa irá levedar e o procedimento é o normal.

2- Esponja. Faz-se uma pré-mistura com parte dos ingredientes da massa final. Água, farinha, fermento e açúcar (se estiver incluído nos ingredientes do pão). Esta pequena quantidade de massa irá fermentar durante 30min.-1h e depois será acrescentada dos restantes ingredientes/quantidades.

3- Massa velha. Retira-se uma pequena bola de massa pronta e guarda-se envolvida em papel vegetal e alumínio, ou película aderente ou mesmo caixa plástica, no frigorífico. Irá ser incluída 1-2 dias mais tarde noutra massa de pão. Aquando da elaboração da nova massa retira-se no final uma porção equivalente à massa velha e guarda-se para a próxima panificação.

4- Isco ou Massa azeda. Prepara-se de propósito uma pequena quantidade de massa, um pouco mais líquida que a de pão, fermenta em frasco aberto e mantém-se num frasco hermético de boca larga, no frigorífico. Antes de retirar uma parte deste isto para ser incluído numa nova massa, mexe-se para envolver e acrescenta-se mais farinha e água para alimentar o isco.

No método da esponja, tenta-se acelerar o processo de fermentação, pois em pouca massa, existe uma grande quantidade de fermento. Tenta-se criar um ambiente muito favorável à fermentação, pelo que a água usada é muitas vezes morna e coloca-se 1-2 colheres (sopa) de açúcar. No entanto, na maior parte dos casos, pouco tempo depois acrescenta-se o resto da massa, pelo que a fermentação é um pouco maior que a tradicional, mas não muito.
Nalguns pães esta esponja fermenta 2h - poolish (para pão francês) e 36h - biga (para pão italiano).

No caso da massa velha e do isco, a fermentação da massa é mais prolongada, pelo que ganhará um sabor mais intenso e característico. Irão acumular-se os produtos da fermentação que para além de gases são também ácidos, como o láctico ou o butírico.
Na prática, o fermento multiplicado, no final de muitas massas tende a ficar menos eficaz, por isso nas padarias se acrescenta uma pequena porção de fermento novo à massa. Em casa, para um pão, podemos usar o processo da massa velha, durante muitos pães sem essa necessidade.

Tem vantagens, na MFP, pois não se usa o açúcar típico para acelerar o processo de fermentação.
A massa velha pode permanecer no frigorífico 2 dias, se for para guardar mais tempo pode-se congelar. Para usar, descongelar no dia anterior, no frigorífico e mantê-la à temperatura ambiente 2h.

No método do isco, este fica a fermentar num frasco largo, apenas tapado com um pano, durante 48h-5dias, sendo usado de imediato ou refrigerado no frigorífico até 2 semanas. Sempre que se usa parte do isco e se alimenta com quantidade equivalente de farinha e água, este deve fermentar novamente apenas tapado com um pano durante 12-24h.

Nas padarias, ao utilizarem-se estes métodos, o pão produzido terá um sabor próprio e que não se consegue imitar. Chamar-se-á a este pão, e com toda a razão de o ser - Pão da casa, ou Pão caseiro. É como se cada padaria houvesse um aviário, neste caso não de aves, nem sequer animais, mas sim de leveduras (fungos) e bactérias. Cada uma produz o seu próprio fermento.
Poupa-se fermento e ganha-se sabor, tempo e clientela.

Ver também as outras Dicas de MFP. - Publicado 13/09/2008 15:39:00 De Pão, Bolos e Cia. (Visitar o site)
Fonte - Petit Chef

sábado, 17 de julho de 2010

Chutney de pimenta

D I V I N A L !!!!

Seu sabor é agridoce e serve de acompanhamento para carnes. Ele também pode ser servido com pães, como um antepasto, ou usado como tempero em outros preparos. A receita é do chef Renato Caleffi, do Le Manjue Bistrô, em São Paulo

Ingredientes
• 1 xícara de chá de pimenta dedo-de-moça (cortar ao meio, tirar as sementes e depois dividir em quatro partes)
• 5 colheres de sopa de azeite
• 2 canelas em pau
• 5 cravos
• 3 sementes de cardamomo
• 1 colher de chá de cominho em grãos
• 2 cebolas cortadas em tiras finas
• 5 colheres de sopa de vinagre
• 5 colheres de açúcar mascavo
• 1 colher de chá de páprica doce
• 1 colher de chá de gengibre ralado

Modo de preparo
Escalde as pimentas com água fervente e deixe escorrer. Coloque o azeite em uma panela alta e, ao esquentar, adicione as especiarias (canela, cravo, cardamomo, cominho). Em seguida acrescente as pimentas e as cebolas. Coloque o vinagre e o açúcar mascavo. Adicione a páprica doce e o gengibre. Deixe apurar em fogo lento por pelo menos uma hora. Se precisar corrigir o açúcar e a cor, adicione um pouco mais de açúcar mascavo.

Fonte: Saude Abril

quarta-feira, 30 de junho de 2010

Curau de milho verde

Ingredientes:
10 espigas de milho verde (em Leite),
4 chávenas de chá de leite,
2 chvenas de chá de açúcar,
1 colher de sopa rasa de manteiga,
Canela em pó para polvilhar.

Preparo:
Rale as espigas ou debulhe-as com uma faca.
Passe os grãos pelo processador com um pouco de leite.
Coe numa peneira ou use um pano limpo e esprema bem.
Num tacho coloque o leite, a manteiga e o açucar e o leite de milho e faça um creminho.
Mexa bem para não pegar.
Coloque num pirex e polvilhe canela e leve para o frigorifico. Servir frio

terça-feira, 29 de junho de 2010

Cocadas

Ingredientes:
1 coco ralado, açúcar (1 vez e 1/2 o peso do coco ralado),
água (1/2 peso do açúcar)

Preparo:
Com a água e o açúcar faça uma calda em ponto de bala.
Com a calda ainda no fogo, adiciona-se o coco ralado e mexendo sempre até que ela comece a soltar do fundo.
Com a ajuda de uma colher de sopa, forme as cocadas em cima de uma pedra mármore untada.
Deixe esfriar.

Para cocada preta, deixe a calda ficar caramelo para acrescentar o coco.

segunda-feira, 28 de junho de 2010

Sopa de galinha


Ingredientes:

1 peito(s) frango(s) inteiro(s) sem osso

Temperar
1 galho(s) de tomilho fresco
1 colher(es) de sopa de ervas finas
2 ramo(s) de alecrim fresco
1 pimenta(s) vermelha(s) dedo-de-moça
1 folha(s) de louro
4 ramo(s) de cheiro-verde
1 limão(es)
1 cebola(s) média(s)
1 tablete(s) de caldo de galinha
8 xícara(s) de chá de água
1 cenoura(s) média(s)
1 talo(s) de salsão
1 alho(s)-poró(s)
2 colher(es) de sopa de óleo de canola
1 colher(es) de chá de sal
2 ovo(s)

Montar o Prato
1 dente(s) de alho
1 maço(s) de erva-doce fresca
2 colher(es) de sopa de salsinha
1. retirar do freezer e colocar na geladeira 1 peito(s) frango(s) inteiro(s) sem osso.

Temperar
2. lavar o(s) peito(s) de frango, esfregar a metade 1 limão(es) e lavar novamente. picar o frango em pedaços.

3. ralar e espremer na peneira 1 cebola(s) média(s).

4. em uma vasilha colocar o frango picado e por cima o caldo coado da cebola ralada.

5. acrescentar a outra metade do limão espremido, 1 pimenta(s) vermelha(s) dedo-de-moça (ver dica), 1 folha(s) de louro, 1 galho(s) de tomilho fresco, 1 copo(s) de ervas finas, 2 ramo(s) de alecrim fresco e 4 ramo(s) de cheiro-verde amarrados.

6. deixar descansar neste tempero por 1 hora.
7. dissolver 1 tablete(s)) de caldo de galinha em 8 xícara(s) de chá de água quente e reservar.

8. lavar os legumes, raspar e cortar 1 cenoura(s) média(s) ao meio, picar 1 talo(s) de salsão, aparar e cortar em rodelas finas 1 alho(s) poró(s), reservar em vasilhas separadas.

9. em uma panela colocar 2 colher(es) de sopa de óleo de canola, o frango com seus temperos e 1 colher(es) de chá de sal, deixar refogar, mexer para não grudar na panela.

10. em seguida acrescentar os legumes reservados, o caldo de galinha reservado e cozinhar até que os legumes estejam macios.

11. bater a(s) clara(s) de 2 ovo(s) e despejar na panela, mexer constantemente até formar uma espuma grossa. quando estiver fervendo, parar de mexer e diminuir o fogo, não deixar ferver mais. tampar e cozinhar por 1 hora.

12. forrar uma peneira com um pano fino, sobre uma vasilha grande, e coar o caldo para sairem todos os resíduos de gordura e os legumes. reservar o frango e a cenoura.
Montar o Prato
13. levar o caldo de consommé para a panela, acrescentar 1 dente(s) de alho bem picado(s), 1 maço(s) de erva-doce fresca cortada de comprido e cozinhar por mais 15 minutos aproximadamente.

14. enquanto isso, pegar a cenoura que cozinhou no caldo, cortar em rodelas e depois com um cortador apropriado em formato de flor (ver dica). reservar.

15. provar o sal e colocar mais se necessário, retirar a erva-doce. desfiar o peito de frango reservado e deixar ferver por 2 minutos aproximadamente.

16. acrescentar no caldo 2 colher(es) de sopa de salsinha picada.

17. colocar em uma sopeira e acrescentar as flores de cenoura na hora de servir.

dicas

pimenta: se quiser um prato mais apimentado, é só amassar a pimenta usada no tempero. se quiser só um sabor de pimenta, deixe-a inteira. quanto mais amassar, mais apimentado fica.

flores de cenoura: existem formas próprias para recortar legumes de diversos formatos, os cortadores são encontrados em casas especializadas em artigos de culinária.

recebido por email sem autor, receita e fotografia de excelente qualidade

domingo, 27 de junho de 2010

Doce de abóbora com coco

Ingredientes:
I abóbora madura descascada, em cubos.
½ do peso da abobora em açúcar cristal,
cravo e canela em pau à gosto.
1 coco seco ralado.

Modo de fazer:
Descasque e corte a abóbora em cubos. Pese (metade do peso vai ser a medida do açucar).
Coloque num tacho com pouca água para cozinhar. Quando cozida, retire a casca e passe a polpa por uma peneira. Deixe escorrer bem (aproximadamente 2 horas).
Volte a polpa já bem seca à panela, adicione o açúcar e o craco e a canela.
A massa vai criar água, quando quase seca, adicione o coco ralado.
Mexa sem parar. Até ver o fundo da panela, retire e deixe esfriar.
Servir frio. Com queijo branco.

sábado, 26 de junho de 2010

Sopa de espinafre


Ingredientes:

1 maço(s) de espinafre
2 ovo(s)
1 cebola(s) pequena(s)
3 colher(es) de sopa de farinha de trigo
1 noz-moscada em grão
3 xícara(s) de chá de leite desnatado
1/2 lata(s) de creme de leite.
1 tablete(s) de caldo de galinha
4 xícara(s) de chá de água
3 colher(es) de sopa de manteiga

Mode de fazer:
1.dissolver 1 tablete(s) de caldo de galinha ou de legumes em 4 xícara(s) de chá de água e reservar.

2. escolher e lavar 1 maço(s) de espinafre, colocar em uma panela grande só úmida e abafar até ficar macio, reservar.

3. enquanto isso, cozinhar 2 ovo(s), retirar a casca, cortar em rodelas e reservar.

3. passar o espinafre para o escorredor e pressionar para retirar toda a água possível. misturar esta água que saiu do espinafre ao caldo de galinha.

4. derreter 3 colher(es) de sopa de manteiga em uma panela grande, acrescentar 1 cebola(s) pequena(s) picada(s), refogar até amaciar.

5. adicionar 3 colher(es) de sopa de farinha de trigo, mexer e cozinhar por 1 minuto, depois colocar o caldo de galinha e o espinafre reservado, tampar e cozinhar por 5 minutos aproximadamente.

6. salpicar apenas duas raladinhas de 1 noz-moscada em grão e misturar bem.

7. passar no liquidificador, processador ou na peneira, e depois voltar à panela, adicionar 3 xícara(s) de chá de leite desnatado e levar novamente ao fogo baixo.

8. antes de servir, misturar 1/2 lata(s) de creme de leite batido (opcional), deixar um pouco para enfeitar.

9. colocar em uma sopeira, fazer um espiral de creme de leite e enfeitar com os ovos reservados.

dica

recebido por email sem autor, receita e fotografia de excelente qualidade


se preferir, usar caldo de legumes em vez de caldo de galinha.
light: se quiser light, não usar o creme de leite.

recebido por email

sexta-feira, 25 de junho de 2010

Sopa de cenoura e curry





Ingredientes:

3 batata(s) média(s)
1 cebola(s) média(s)
1 pitada(s) de gengibre em pó
1/2 limão(es)
1/2 colher(es) de chá de tomilho seco
5 cenoura(s) média(s)
2 colher(es) de sopa de óleo de canola
2 dente(s) de alho
1/2 colher(es) de chá de curry em pó
1 ½ colher(es) de chá de sal
1 colher(es) de chá de molho inglês
2 colher(es) de sopa de salsinha

Mode de fazer:

1. raspar e lavar bem 5 cenoura(s) média(s), picar em rodelas, descascar 3 batata(s) média(s) e picar em rodelas. reservar.

2. em uma panela grande colocar 2 colher(es) de sopa de óleo de canola, 1 cebola(s) média(s) picada(s), 2 dente(s) de alho picado(s), deixar dourar.

3. acrescentar as cenouras e as batatas reservadas, colocar a metade de 1/2 colher(es) de chá de curry em pó (ver dica) e 1 pitada(s) de gengibre em pó, cozinhar cobertos com água fervente por 20 a 30 minutos aproximadamente.

4. retirar do fogo, deixar amornar e bater no liquidificador com a água do cozimento.

5. voltar ao fogo com o restante do curry, adicionar 1/2 limão(es) espremido, 1/2 colher(es) de chá de tomilho seco, 1 ½ colher(es) de chá de sal e 1 colher(es) de chá de molho inglês, deixar ferver por 15 minutos aproximadamente.

6. servir imediatamente com uma rodela de limão bem fina e 2 colher(es) de sopa de salsinha picada por cima.

dica


colher de chá: usar a colher de chá da medida sos. encher a colher com o ingrediente. passar uma faca em cima para tirar o excesso do ingrediente. a medida ficará justa.

recebido por email sem autor, receita e fotografia de excelente qualidade

quinta-feira, 24 de junho de 2010

Sopa de almôndegas


Ingredientes:

200 grama(s) de carne moída
250 grama(s) de músculo
2 colher(es) de sopa de óleo de canola
3 dente(s) de alho
4 xícara(s) de chá de água
1 colher(es) de chá de sal
1 cebola(s) média(s)
4 ramo(s) de cheiro-verde

Preparar Almôndegas
2 pão(es) do tipo francês claro(s)
1 ovo(s)
1 cebola(s) pequena(s)
2 colher(es) de sopa de salsinha
1 colher(es) de chá de sal
3 colher(es) de sopa de farinha de rosca

Preparar os Legumes
1 cenoura(s) média(s)
1 alho(s)-poró(s)
6 colher(es) de sopa de queijo parmesão ralado
4 xícara(s) de chá de água
1 colher(es) de sopa de manteiga

Modo de fazer:
Retirar do freezer e colocar na geladeira 200 grama(s) de carne moida e 250 grama(s) de músculo.

1. em uma panela de pressão colocar 2 colher(es) de sopa de óleo de canola, 1 de cebola(s) média(s) ralada(s), 3 dente(s) alho espremidos, 4 ramo(s) de cheiro-verde amarrados e o músculo cortado em cubos e deixar dourar bem. acrescentar 4 xícara(s) de chá de água e 1 colher(es) de chá de sal, deixar ferver por 25 minutos aproximadamente até o músculo amolecer, coar em um pano bem fino e reservar.
Preparar Almôndegas
1. retirar casquinha de 2 pão(es) do tipo francês claro(s), picar o miolo e colocar de molho, por meia hora, em um pouco de água.

2. passar a carne moída no processador de alimentos para moer mais de uma vez.

3. colocar em uma tigela, acrescentar a(s) gema(s) de 1 ovo(s), 1 cebola(s) pequena(s) ralada(s), 2 colher(es) de sopa de salsinha picada, 1 colher(es) de chá de sal, 3 colher(es) de sopa de farinha de rosca e o pão francês que estava de molho (espremer bem o pão para sair toda a água).

4. misturar bem e, com a mão úmida, fazer bolinhas até terminar a massa.

5. em uma panela colocar um pouco de água para ferver, diminuir o fogo e despejar as bolinhas e deixar cozinhar por 10 minutos aproximadamente.

6. com uma escumadeira, retirar e reservar.

Preparar os Legumes
1. em outra panela colocar 1 cenoura(s) média(s) cortada(s) em palitos, 1 alho(s) poró(s) aparado(s) e picado(s), 1 colher(es) de sopa de manteiga e o caldo de carne reservado. acrescentar 4 xícara(s) de chá de água, mexer bem, tampar e deixar cozinhar em fogo médio por 10 minutos aproximadamente, retirar os legumes cozidos.

2. deixar só o caldo bem coado e esquentar bem. acrescentar as almôndegas e deixar cozinhar por mais 5 minutos aproximadamente, até que estejam bem quentes.

3. colocar em uma sopeira, polvilhar um pouco das 6 colher(es) de sopa de queijo parmesão ralado, enfeitar com ramos de salsinha, reservar o restante do queijo para servir à parte.

4. servir em seguida.

dicas


se quiser usar os legumes, é só passar na manteiga e servir à parte.
o músculo pode ser usado para fazer uma salada.
atenção: se não tiver tempo, em vez de fazer o caldo de carne caseiro (como na receita), dissolver 1 ½ tablete de caldo de carne em 6 xícaras de água fervente.

recebido por email sem autor, receita e fotografia de excelente qualidade

quarta-feira, 23 de junho de 2010

Caldo verde


Ingredientes:

2 colher(es) de sopa de azeite de oliva
1 cebola(s) média(s)
2 dente(s) de alho
2 paio(s)
1 litro(s) de água
7 batata(s) média(s)
1 colher(es) de chá de sal
5 folha(s) de couve

Modo de fazer:

1. em uma panela colocar 2 colher(es) de sopa de azeite de oliva, 1 cebola(s) média(s) picada(s), 2 dente(s) de alho amassado(s) e 2 paio(s) cortado(s) em rodela(s) deixar refogar por aproximadamente 3 minutos.

acrescentar 1 litro(s) de água e quando estiver fervendo juntar 7 batata(s) média(s) cortada(s) em rodela(s).

2. quando as batatas estiverem bem cozidas, retirá-la s com o auxílio de uma espumadeira, sem jogar a água fora, em seguida amassar no espremedor de batatas, colocar de volta na água, temperar com 1 colher(es) de chá de sal, colocar 5 folha(s) de couve picada(s) e deixar ferver por mais 10 minutos aproximadamente.

3. deixar descansar por 10 minutos antes de servir.

dica:

- cortar a couve bem fininha para ficar com apresentação do prato mais bonita.

recebido por email sem autor, receita e fotografia de excelente qualidade

terça-feira, 22 de junho de 2010

Sopa de frango com capelete


Ingredientes:
1 colher(es) de chá de páprica picante
1 folha(s) de louro
1 limão(es)
1 cebola(s) média(s)
1 pimenta(s) vermelha(s) dedo-de-moça
4 ramo(s) de cheiro-verde
1 colher(es) de chá de sal
1 talo(s) de salsão
1 tablete(s) de caldo de galinha
10 xícara(s) de chá de água
2 colher(es) de sopa de óleo de canola
1 colher(es) de sopa de manteiga
3 tomate(s) médio(s)
500 grama(s) de capeletti fresco
1 colher(es) de chá de sal
1 colher(es) de sopa de salsinha
Retirar do freezer e colocar na geladeira 2 coxa(s) e sobrecoxa(s)
Temperar

Modo preparar o frango:

1. lavar bem as coxas e sobrecoxas, esfregar a metade de 1 limão(es), lavar novamente e deixar escorrer.

2. ralar 1 cebola(s) média(s) e passar na peneira.

3. em uma vasilha, colocar o frango, a cebola passada na peneira, em colheradas, a outra metade do limão espremido,


  • 1 pimenta(s) vermelha(s) dedo-de-moça (ver dica),

  • 1 de louro,

  • 4 ramo(s) de cheiro-verde amarrados,

  • 1 colher(es) de chá de sal,

  • 1 colher(es) de chá de páprica picante e

  • 1 talo(s) de salsão cortado(s) em pedaços.

4. deixar descansar neste tempero por 1 hora.

Modo de fazer:1. dissolver 1 tablete(s) de caldo de galinha em 10 xícara(s) de chá de água e reservar.

2. em uma panela colocar 2 colher(es) de sopa de óleo de canola e 1 colher(es) de sopa de manteiga (ver dica). quando esquentar, colocar os pedaços de frango com os temperos, e deixar refogar.

3. acrescentar 3 tomate(s) médio(s) maduro(s) sem pele (ver dica) e sem sementes. quando os tomates estiverem desfeitos, juntar um pouco do caldo de galinha reservado.

4. deixar cozinhar por 1 hora aproximadamente.

5. retirar o frango, desfiar os pedaços tirando bem os nervos e as peles. colocar este frango em uma panelinha pequena e cobrir com um pouco de caldo.

6. na panela em que o frango foi cozido, colocar o restante do caldo de galinha reservado e os ossos. deixar levantar fervura. abaixar o fogo e cozinhar por 10 minutos. coar este caldo em uma peneira fina, voltar à panela e acrescentar 500 grama(s) de capeletti fresco e 1 colher(es) de chá de sal, deixar levantar fervura, cozinhar de 7 a 8 minutos aproximadamente. o capeletti deve ficar al dente (ver dica).

7. se você quiser servir esta sopa com os pedaços de frango, esta é a hora de colocá-los. se não quiser, guarde o frango para pôr em uma salada no dia seguinte ou fazer um croquete etc.

8. colocar na sopeira, mexer bem, salpicar 1 colher(es) de sopa de salsinha picada e servir em seguida.


dicas
pimenta: se quiser um prato mais apimentado, é só amassar a pimenta usada no tempero. se quiser só um sabor de pimenta, deixe-a inteira. quanto mais amassar, mais apimentado fica.

al dente: é quando não fica nem mole e nem duro ao morder, oferece resistência.

recebido por email sem autor, receita e fotografia de excelente qualidade

Nasceu o Facebook do "Comer Naturalmente
ou
Se quer receber nossas actualizações automaticamente.
Basta cadastrar-se
CLIQUE AQUI

segunda-feira, 21 de junho de 2010

Sopa de couve-flor


Ingredientes:

20 buquê(s) de couve-flor
2 xícara(s) de chá de água
3 colher(es) de sopa de manteiga
2 cebola(s) média(s)
3 colher(es) de sopa de farinha de trigo
4 xícara(s) de chá de leite
1 ½ tablete(s) de caldo de legumes
1 colher(es) de chá de molho de tabasco
2 colher(es) de sopa de salsinha
2 colher(es) de sopa de cebolinha

Modo de fazer:

1. lavar 20 buquê(s) buquê(s) de couve-flor e colocar para cozinhar na panela de pressão com 2 xícara(s) de chá de água por 3 minutos. reservar a couve-flor e a água.

2. em uma panela colocar 3 colher(es) de sopa de manteiga, dourar 2 cebola(s) média(s) picadas, juntar 3 colher(es) de sopa de farinha de trigo (ver dica), retirar a panela do fogo e ir colocando 4 xícara(s) de chá de leite aos poucos para não empelotar (o ideal é misturar o leite com um batedor), voltar a panela ao fogo e deixar ferver por 10 minutos.

3. acrescentar a água reservada, a couve-flor bem picada, 1 ½ tablete(s) de caldo de legumes, 1 colher(es) de chá de molho de tabasco deixar ferver por 5 minutos.

4. por ultimo juntar 2 colher(es) de sopa de salsinha e 2 colher(es) de sopa de cebolinha picadas, desligar o fogo e esperar 10 minutos para servir.

dica:
- colher de sopa: usar a colher de sopa da medida. encher a colher com o ingrediente. passar uma faca em cima para tirar o excesso do ingrediente. a medida ficará justa.

- a sopa fica com um sabor muito especial se você pingar algumas gotas de limão no fundo do prato.

recebido por email sem autor, receita e fotografia de excelente qualidade

domingo, 20 de junho de 2010

Creme de funghi com massa folhada


Ingredientes:
1 xícara(s) de chá de funghi seco
2 colher(es) de sopa de manteiga
1 cebola(s) média(s)
11 cogumelo(s) fresco(s) shitake
2 colher(es) de sopa de farinha de trigo
5 colher(es) de chá de vinho branco seco
1 tablete(s) de caldo de carne
1 xícara(s) de chá de água
1 xícara(s) de chá de creme de leite
2 colher(es) de sopa de queijo parmesão ralado
1 colher(es) de chá de sal
200 grama(s) de massa folhada
1 ovo(s)

Modo de Fazer:
1. em uma tigela colocar 1 xícara(s) de chá de funghi seco para hidratar em uma xícara de água fria. reservar.

2. na panela colocar 2 colher(es) de sopa de manteiga, dourar 1 cebola(s) média(s) picada(s) e juntar o funghi picado e (já hidratado na água fria) escorrido reservar a água, picar 11 cogumelo(s) fresco(s) shitake. misturar
2 colher(es) de sopa de farinha de trigo e mexer bem.

3. acrescentar 5 colher(es) de chá de vinho branco seco, 1 tablete(s) de caldo de carne dissolvido em 1 xícara(s) de chá de água. juntar a água do funghi até ficar um creme encorpado.

4. colocar o caldo de carne aos poucos, pode ser que nem precise usar tudo.

5. juntar 1 xícara(s) de chá de creme de leite , 2 colher(es) de sopa de queijo parmesão ralado e 1 colher(es) de chá de sal, deixar esfriar um pouco e colocar o creme em cumbucas que possa ir ao forno.

6. cobrir as cumbucas dividindo 200 grama(s) de massa folhada cortada em rodelas, passar um pouco de 1 ovo(s) batido nas bordas para a massa grudar.

7. levar ao forno quente por 10 minutos ou até a massa crescer como um suflê.

8. servir em seguida.

recebido por email sem autor, receita e fotografia de excelente qualidade

sábado, 19 de junho de 2010

Creme de abóbora


Ingredientes:
200 grama(s) de carne seca magra
4 mini abóbora(s)
1 colher(es) de sopa de azeite de oliva
1 cebola(s) média(s)
2 xícara(s) de chá de abóbora(s) japonesa
4 xícara(s) de chá de água
2 tablete(s) de caldo de galinha
1 xícara(s) de chá de requeijão

Modo de Fazer:
1. colocar de molho 200 grama(s) de carne seca magra de um dia para o outro, trocando a água por várias vezes.
2. no dia seguinte colocar a carne seca para cozinhar na panela de pressão com água por 20 minutos aproximadamente, desfiar e reservar.

3. retirar as sementes de 4 mini abóbora(s) levá-las ao micro-ondas por aproximadamente 2 minutos, ou até que as abóboras estejam cozidas. reservar.

4. em outra panela colocar 1 colher(es) de sopa de azeite de oliva e dourar 1 cebola(s) média(s) picada, 2 xícara(s) de chá de abóbora(s) japonesa picada, 4 xícara(s) de chá de água e 2 tablete(s) de caldo de galinha deixar ferver até que a abóbora esteja macia aproximadamente 30 minutos.

4. esperar amornar, colocar no copo do liquidificador e bater para formar um creme, voltar para panela acrescentar a carne desfiada, 1 xícara(s) de chá de requeijão e deixar ferver por mais 2 minutos, transferir para as mini abóboras.

5. servir em seguida.

dica
- colocar as mini abóboras no micro-ondas de 1 em 1 minuto para não ter perigo de queimar.

- faça esta sopa uma primeira vez, e acerte sua consistência de acordo com o gosto de sua família colocando mais água no caldo de galinha, se for o caso. assim a sopa ficará mais rala.

recebido por email sem autor, receita e fotografia de excelente qualidade

sexta-feira, 18 de junho de 2010

Sopa de abóbora


Ingredientes:
1 xícara(s) de chá de croutons
6 xícara(s) de chá de água
2 dente(s) de alho
1 colher(es) de sopa de ervas finas
1 noz-moscada em grão
1 colher(es) de chá de sal
800 grama(s) de abóbora(s)
1/2 lata(s) de creme de leite.
1/2 tablete(s) de caldo de carne
2 colher(es) de sopa de manteiga
1 ½ cebola(s) média(s)
1 colher(es) de chá de açúcar mascavo

Modo de fazer:
1. dissolver 1/2 tablete(s) de caldo de carne em 6 xícara(s) de chá de água fervente e reservar.

2. em uma panela colocar 2 colher(es) de sopa de manteiga, 1 ½ cebola(s) média(s) ralada(s) e 2 dente(s) de alho espremido(s) e deixar dourar. adicionar 1 colher(es) de sopa de ervas finas, 1 colher(es) de chá de açúcar mascavo, apenas duas raladinhas de 1 noz-moscada em grão e 1 colher(es) de chá de sal. reservar.

3. descascar e retirar as sementes de 800 grama(s) de abóbora(s) e picar em pedaços.

4. adicionar ao refogado reservado, deixar cozinhar um pouco amassando com um garfo. colocar o caldo de carne reservado e deixar cozinhar até amolecer bem.

5. bater no liquidificador e voltar à panela para cozinhar até engrossar.

6. acrescentar 1/2 lata(s) de creme de leite sem soro, mexer bem (opcional).

7. servir bem quente com 1 xícara(s) de chá de croutons.

dica

se quiser uma sopa light, não coloque o creme de leite.

recebido por email sem autor, receita e fotografia de excelente qualidade

Caldo de mandioca com calabresa


Ingrediente:
400 grama(s) de mandioca(s) fresca(s)
1 colher(es) de sopa de óleo de milho
3 linguiça(s) calabresa(s)
1 cebola(s) média(s)
3 dente(s) de alho
1 colher(es) de sopa de colorau
5 xícara(s) de chá de água
2 tablete(s) de caldo de carne
1 colher(es) de chá de molho de tabasco
150 grama(s) de queijo de minas meia-cura

Modo de fazer:
1. descascar 400 grama(s) de mandioca(s) fresca(s, lavar e colocar para cozinhar com água e sal na panela de pressão por 15 minutos, escorrer e passar pelo espremedor e reservar.

2. em uma panela colocar 1 colher(es) de sopa de óleo de milho, 3 linguiça(s) calabresa(s) cortadas em rodelas, deixar fritar, acrescentar 1 cebola(s) média(s) picada, 3 dente(s) de alho picados, deixar dourar, juntar 1 colher(es) de sopa de colorau e deixar fritar por mais 3 minutos, acrescentar 5 xícara(s) de chá de água, 2 tablete(s) de caldo de carne e 1 colher(es) de chá de molho de tabasco e a mandioca passada pelo espremedor deixar ferver por mais 5 minutos.

3. acrescentar 150 grama(s) de queijo de minas meia-cura ralado mexer até formar um caldo grosso.

4. servir em seguida.

recebido por email sem autor, receita e fotografia de excelente qualidade

quarta-feira, 16 de junho de 2010

Sopa verde


Ingredientes
1 colher(es) de sopa de óleo
1 dente(s) de alho
1 ½ colher(es) de chá de sal
2 chuchu(s) médio(s)
1 abobrinha(s) média(s)
3 xícara(s) de chá de água
1 colher(es) de chá de molho inglês
1 cebola(s) média(s)
2 batata(s) média(s)
1 colher(es) de chá de manjericão seco
1/2 pé(s) de alface lisa
1/2 maço(s) de espinafre

Montar o Prato
1/2 colher(es) de chá de sal
1 xícara(s) de chá de água
1 colher(es) de chá de vinagre de maçã
2 colher(es) de sopa de creme de leite.

Modo de Fazer:
1. você já deve ter guardado suas verduras muito bem lavadas, quando as comprou. se isto não foi feito:

2. lavar uma a uma das folhas de 1/2 pé(s) de alface lisa e 1/2 maço(s) de espinafre em água corrente.

3. colocar as folhas em uma bacia, cobrir com água, adicionando uma colher de sopa de água sanitária para cada litro de água. deixar de molho por 30 minutos. escorrer bem a água, não enxaguar, levar ao secador de salada.

4. em uma panela colocar 1 colher(es) de sopa de óleo, 1 cebola(s) média(s) ralada(s), 1 dente(s) de alho espremido(s) e 1 ½ colher(es) de chá de sal, deixar dourar.

2. adicionar 2 batata(s) média(s) descascada(s) e picada(s), 2 chuchu(s) médio(s) lavado(s) sem casca (ver dica) e cortado(s) em pedaços, 1 abobrinha(s) média(s) lavada(s) e cortada(s) em pedaços.

3. cobrir com 3 xícara(s) de chá de água fervente e cozinhar por 20 minutos aproximadamente. deixar esfriar.

4. bater tudo no liquidificador, inclusive com a água do cozimento.

5. voltar à panela, temperar com 1 colher(es) de chá de molho inglês e 1 colher(es) de chá de manjericão seco.

6. cozinhar por mais 10 minutos aproximadamente. reservar
Montar o Prato
1. à parte, cozinhar a alface e o espinafre reservados com 1 xícara(s) de chá de água por 3 minutos aproximadamente.

2. bater no liquidificador com a água do cozimento e 1/2 colher(es) de chá de sal e juntar à sopa.

3. antes de servir, adicionar 1 colher(es) de chá de vinagre de maçã e 2 colher(es) de sopa de creme de leite.

4. servir imediatamente.

Dica

descascar o chuchu embaixo da torneira, para evitar sair um líquido viscoso do chuchu.

recebido por email sem autor, receita e fotografia de excelente qualidade

terça-feira, 15 de junho de 2010

Caldo de Feijão


Ingredientes
1 ½ xícara(s) de chá de feijão carioquinha
4 xícara(s) de chá de água
1 folha(s) de louro
1 paio(s)
1 colher(es) de sopa de azeite de oliva
6 colher(es) de sopa de bacon em cubos
1 cebola(s) média(s)
2 dente(s) de alho
1/2 pimentão(ões) vermelho(s)
1 ½ colher(es) de chá de sal
1 ½ colher(es) de chá de molho de pimenta

Modo de fazer:

1. colocar 1 ½ xícara(s) de chá de feijão carioquinha de molho com 4 xícara(s) de chá de água por 4 horas. na panela de pressão colocar o feijão com a água acrescentar 1 folha(s) de louro, retirar a pele de 1 paio(s) colocar inteiro, cozinhar por 35 minutos, após esse tempo desligar a panela e esperar esfriar com a panela tampada, cortar o paio em fatias finas e reservar.

2. em uma panela, colocar 1 colher(es) de sopa de azeite de oliva, 6 colher(es) de sopa de bacon em cubos até liberar a gordura do bacon, quando a gordura estiver bem quente, adicionar 1 cebola(s) média(s), 2 dente(s) de alho picados, usar 1 ½ colher de sopa de 1/2 pimentão(ões) vermelho(s) picado, refogar bem e despejar na panela com feijão, temperar com 1 ½ colher(es) de chá de sal e 1 ½ colher(es) de chá de molho de pimenta, levar ao fogo novamente e ferver por 5 minutos.

3. deixar amornar, retirar a folha de louro e bater no liquidificador, passar pela peneira e manter aquecido. colocar no fundo das canequinhas ou pratos algumas fatias de paio e despejar o caldinho quente, salpicar por cima cebolinha picada e bacon em tiras frito para enfeitar.

dica:
- para 2 pessoas colocar 1 colher de sopa de pimentão vermelho picado.
- para 4 pessoas colocar 1 ½ colher de sopa de pimentão vermelho picado.
- para 6 pessoas colocar 2 colheres de sopa de pimentão vermelho picado.
- para 8 pessoas colocar 2 ½ colheres de sopa de pimentão vermelho picado.

recebido por email sem autor, receita e fotografia de excelente qualidade

Nasceu o Facebook do "Comer Naturalmente
ou
Se quer receber nossas actualizações automaticamente.
Basta cadastrar-se
CLIQUE AQUI

domingo, 18 de abril de 2010

Ração Humana - Globo Reporter

Voces conhecem a Ração Humana!

Há mais informação em www.leitedaterra.blogspot.com

Nasceu o Facebook do "Comer Naturalmente
ou
Se quer receber nossas actualizações automaticamente.
Basta cadastrar-se
CLIQUE AQUI
 

sexta-feira, 26 de março de 2010

Docinhos Vivos

Voces conhecem o crudivorismo ou Raw Food???

Há uma serie de docinhos da Profª Ana Branco da PUCRJ, que alem de serem saborosos, são saudáveis e ficam lindos na mesa... da Pascoa por exemplo....


Doce é a luz,
ver o sol deleita os olhos.
Ecl 11, 7


Almirantes

Bolinhas de manga, ou de abacaxi, ou de mamão, ou de abacate, ou de pêra...

recortadas da fruta com boleador, rola no côco fresco ralado e bota na forminha de papel. Gergilim preto germinado por cima.
--------------------------------------------------------------------------------

Cajuzinhos

Castanha do Pará germinada, moída junto com figos desidratados, modelar a forma de um cajuzinhi, bota na forminha de papel. Um pedacinho de castanha do Pará na extremidade do cajuzinho
--------------------------------------------------------------------------------

Ouriço

Amendoim germinado, moido junto com banana passa, modelar bolinhas, rolar no amendoim germinado picado junto com coco fresco ralado, bota na forminha de papel. Um cravo no centro.
--------------------------------------------------------------------------------

Olho de Sogra

Ameixa desidratada sem caroço, recheada com maça ralada, aglomerados com passas desidratadas e nozes germinadas moidas. Bota na forminha de papel. Damasco hidratado e moído fazendo detalhe
--------------------------------------------------------------------------------

Casadinhos de abacaxi

Abacaxi cortado em triângulos finos, ligados por creme de goiaba vermelha liquidificada e peneirada, moído com amendoim germinado. Passa no côco ralado e bota na forminha de papel.
--------------------------------------------------------------------------------

Bonequinhos

Ameixa preta desidratada sem caroço, recheada com uma uva verde, onde a boca e o olhos são desenhados com amendoim germinado moido.Bota na forminha de papel.
--------------------------------------------------------------------------------

Ovinhos Redondos

Bolas de mamão ou manga ou abacaxi recortadas com boleador de cortar sorvete, e com boleador pequeno recorta um vazio na bola e preenche com linhaça germinada moida com uva passa .
--------------------------------------------------------------------------------

Ovinhos de Páscoa

Linhaça germinada moida com banana passa. Use fôrmas para fazer ovos convencionais. Junte com mel para poder descolar da fôrma.
--------------------------------------------------------------------------------

Cestinhas de Frutas doces

Modelar uma cestinha com massa de banana passa moida com linhaça germinada. Rechear com banana, limão e canela liquidificados, ou caqui, ou mamão, ou fruta de conde ,tambem liquidificados.
--------------------------------------------------------------------------------

Cestinha de Frutas cítricas

Modelar uma cestinha com massa de ameixa ou damasco moídos com amendoim ou pinhão germinados. Rechear com manga, ou goiaba com abacaxi, liquidificados e peneirados.
--------------------------------------------------------------------------------

Amor em pedaços

Cubinhos de frutas frescas, manga, abacaxi, mamão, rolados no côco ralado , misturado com gergelim germinado.Botar em forminha de papel e usar gergelim preto germinado como detalhe.
--------------------------------------------------------------------------------

Beijinho de Coco

Pinhão germinado, moído com tâmara , cravo e coco ralado. Rolar as bolinhas no coco ralado colorido com um pingo de beterraba. Botar na forminha de papel e espetar um cravo por cima.
--------------------------------------------------------------------------------

Moranguinhos

Com boleador , fazer um vazio no morango e preencher com avelãs germinadas com uva passa. Botar em forminha de papel.
--------------------------------------------------------------------------------

Doce de Ovos

Amêndoas germinadas moida com damasco hidratado, colocar em tacinhas redondas , manga liquidificada por cima, amêndoas germinadas quebradinhas como detalhe.
--------------------------------------------------------------------------------

Mousse de caqui

Castanha do Pará germinada, moída junto com banana passa, colocar no fundo de tacinhas cobrindo com caqui liquidificado. Linhaça germinada como detalhe.
--------------------------------------------------------------------------------

Torta Vienense

Amendoim germinado, ou castanha do Pará germinada , ou nozes germinadas, moídas junto com ameixas , ou damasco, ou figos, ou banana passa desidratados usados como aglomerante dessa massa que pode ser modelada na forma convencional das tortas, contendo o espaço para serem recheados com frutas frescas. Por exemplo: Maçã ralada com raspas de limão , canela, passas reidratadas e nozes germinadas. Cobre com damascos reidratados e liquidificados. Desenhar sobre o amarelo com morangos , cerejas ou uvas frescas.

sexta-feira, 19 de março de 2010

Tabule de Arroz Negro!

Uso com frequencia o arroz negro, pois acho o seu sabor divino.
Encontrei esta receita e achei que deveria partilhar.

Confira como preparar essa deliciosa receita de forma inovadora, com todos os benefícios do arroz negro...





Tempo de preparo: 10 minutos
Pontuação total: 179 pontos
Rendimento: 15 colheres de servir
Pontuação por porção: 12 pontos



Ingredientes

• 2 xic. de Arroz Preto cozido “al’dente”: 90 pontos
• ½ xic. de farinha para quibe hidratada: 36 pontos
• 4 tomates sem pele e sementes em cubinhos: 0 ponto
• 2 pepinos em cubinhos: 14 pontos
• 1 cebola grande em cubinhos: 9 pontos
• 1 xic. de hortelã bem picadinha: 0 ponto
• Suco de 2 limões: 10 pontos
• Pimenta síria a gosto: 0 ponto
• Sal a gosto: 0 gosto
• 1 colher de sopa de azeite: 20 pontos
• Folhas de alface para acompanhar: 0 ponto

Modo de Preparo

1- Em uma travessa grande disponhas as folhas de alface higienizadas.
2- Misture os ingredientes restantes temperando-os.
3- Arrume o tabule por cima das folhas de alface. Sirva gelado...

Fonte EMEX

domingo, 21 de fevereiro de 2010

Sorvete de inhame do Globo Repórter

Saiba como preparar a receita do sorvete de inhame
Veja aqui um passo a passo pra você fazer essa delícia em casa.

Vamos acompanhar, passo a passo, a receita do sorvete de inhame que o Globo Repórter mostrou. As porções são para 15 pessoas. Veja o video da reportagem

Primeiro, vamos mostrar como fazer o sorvete de inhame tipo picolé ou sacolé, cristalizado, com gelo. Depois, o sorvete cremoso, que leva creme de leite.

Ingredientes

- 400g de inhame;
- 400 ml de kefir. Se não tiver kefir, pode ser iogurte natural;
- 200 ml de leite condensado;
- 300 ml de creme de leite;
- duas colheres de sobremesa de emulsificante.

Modo de preparo

Primeiro, descasque e cozinhe o inhame. Depois, bata no liquidificador o inhame cozido e cortado em pedaços médios, com o kefir ou o iogurte natural e o leite condensado.

Se preferir tomar picolé, já pode levar a mistura ao congelador.

Mas, se você quiser o sorvete cremoso, bata na batedeira o creme de leite gelado e o emulsificante e junte as duas partes. Ponha em um recipiente plástico, leve ao congelador e deixe de um dia para o outro, por, no mínimo, quatro horas.

Antes de servir, deixe um tempo fora do congelador. Pode acompanhar com frutas da época ou castanha.

Importante: quem não tiver inhame em casa pode usar outro tubérculo, como a batata-doce e a macaxeira ou aipim.

Leite condensado diet

Se você está preocupado com o peso, não tem problema. Anote a receita do sorvete de inhame em versão diet, sem açúcar. Basta substituir o leite condensado comum pelo diet.

Ingredientes

- 1 xícara de chá de leite desnatado em pó;
- ½ xícara de chá de água fervente;
- ½ xícara de chá de adoçante dietético para uso culinário;
- 1 colher de sopa de margarina light.

Ponha todos os ingredientes no liquidificador e bata de cinco a 10 minutos, até obter um creme homogêneo. Conserve na geladeira antes de utilizar.

Sorvete de inhame sem leite de vaca

Agora, aprenda a receita do sorvete de inhame sem leite vaca que é substituído por leite de soja:

- 400g gramas de inhame;
- 400 ml mililitros de kefir fermentado em leite de soja;
- 200 ml mililitros de leite condensado de soja;
- 1 colher de sobremesa de emulsificante.

O modo de preparo é o mesmo da versão padrão.

FDonte:Globo Reporter

sábado, 20 de fevereiro de 2010

Aprenda a fazer o sorvete de abóbora com abacate Globo Reporter

Para o verão!

Aprenda a preparar a receita do sorvete saudável que o Globo Repórter mostrou. Veja aqui o video.

Quem poderia imaginar que a combinação de abóbora com abacate daria um bom sorvete? Aprenda a preparar a receita do sorvete saudável que o Globo Repórter mostrou. As porções são todas para 15 pessoas.

Ingredientes

- 200g de abóbora
- 200g de abacate
- 400ml de leite
- 200ml de leite condensado
- 200ml de creme de leite
- 1 colher de sobremesa de emulsificante



Primeiro, cozinhe a abóbora. Em seguida, bata no liquidificador a abóbora cozida, o abacate com o leite e o leite condensado. Se você quiser fazer picolé, basta levar ao congelador.

Mas se preferir o sorvete cremoso, bata na batedeira o creme de leite gelado e o emulsificante. Junte as duas partes. Ponha em um recipiente de plástico e leve ao congelador. Deixe de um dia para o outro, no mínimo, por quatro horas. Antes de servir deixe um tempo fora do congelador.

No sorvete de abóbora com abacate o leite condensado também pode ser substituído pelo leite condensado light, e o kefir pode ser feito com leite de soja.

Um detalhe: nessa receita do sorvete de abobora e abacate, foi reduzida a quantidade de emulsificante. Esse produto normalmente é usado para fazer o sorvete, porque dá aquela textura de creme. A metade vai ser colocada e substituída por gel de linhaça.

Os ingredientes para preparar o gel são duas colheres de grãos de linhaça e um copo de água filtrada 250 ml.

Cozinhe os grãos de linhaça por aproximadamente 15 minutos. Vai se formar o gel, que deve ser separado com ajuda de uma concha ou de uma peneira. Em vez de duas colheres de emulsificante, que é um produto industrializado, você vai usar apenas uma colher e completar com o gel de linhaça.

Pronto: aí está uma forma saudável e refrescante de encarar o calor.

Modo de preparo:
Leite condensado diet

Se você está preocupado com o peso, não tem problema. Anote a receita do sorvete de inhame em versão diet, sem açúcar. Basta substituir o leite condensado comum pelo diet.

Ingredientes

- 1 xícara de chá de leite desnatado em pó;
- ½ xícara de chá de água fervente;
- ½ xícara de chá de adoçante dietético para uso culinário;
- 1 colher de sopa de margarina light.

Ponha todos os ingredientes no liquidificador e bata de cinco a 10 minutos, até obter um creme homogêneo. Conserve na geladeira antes de utilizar.

sexta-feira, 19 de fevereiro de 2010

Pargo à Moda da Ásia


PARA 4 PESSOAS
Tempo de preparação: 15 minutos
Tempo de cozedura: 20 minutos

Vou fazer este fim de semana, esta cá a minha filhinha!!! :)

INGREDIENTES

4 filetes de pargo com pele, com aprox. 175 g cada •
2 dentes de alho descascados e finamente picados •
5 cm de gengibre fresco descascado e finamente ralado •
Óleo vegetal •
2 colheres de sopa de pasta de tamarindo •
2 colheres de sopa de molho de soja •
2 malaguetas vermelhas ou amarelas, sem sementes e finamente cortadas • Usei só metade da dose.
1 ramo de coentros grosseiramente picados; guarde algumas folhas para a decoração •
400 g verduras, como salada de folhas ou acelgas, mantenha as folhas em tamanho grande e apare as extremidades •
2 cebolinhas cortadas em juliana (tiras finas)

PREPARAÇÃO
Pré-aqueça o forno a 200 ºC •
Corte a pele lateral dos filetes com uma faca afiada e esfregue com o alho e o
gengibre •
Salpique levemente o tabuleiro de ir ao forno com óleo e disponha os filetes sobre o mesmo, com a pele para cima •
Deixe assar durante 6 minutos •
Misture a pasta de tamarindo numa panela pequena com 75 ml de água quente, até obter uma textura cremosa •
Adicione o molho de soja e metade das malaguetas e aqueça em lume brando •
Retire do fogão e adicione os coentros picados •
Cozinhe as verduras a vapor durante 2 a 4 minutos, até estarem tenras •
Coloque as verduras em pratos rasos aquecidos e cubra com o pargo assado •
Salpique o peixe com a juliana de cebolinhas e decore com as restantes malaguetas e folhas dos coentros •
Sirva imediatamente e acompanhe com o molho de tamarindo

Receita recebida por email com as seguintes indicações

Abr. Mai. 05
Fotos: Nuno Campos
Chef: Boris Schijvens

domingo, 17 de janeiro de 2010

Arroz feijão e farofa de banana:

Ontem pela Web estava falando com a minha irmão enquanto ela almoçava.
Foi dai que veio a minha inspiração para o nosso almoço .

Arroz:
Basmati
3 mão de arroz
sal q.b.
água q.b.

Modo de fazer:
Levar água a ferver num tacho grande, assim que ferver juntar o arroz e mexer bem, juntar o sal e deixar levantar fervura novamente.
Mexer por 15 minutos.
Coar o arroz, e coloca-lo em um tacho tapado até servir.

Feijão preto.
500g de feijão
1 cebola
2 dentes de alheo
1 colher de óleo
1 folha de louro
sal q.b.

Modo de fazer:

Escolher o feijão, lavar para tirar toda a poeira, deixar de molho durante 2 horas.
Depois cozinhar em panela de pressão por 30 minutos, só em água.
Abrir a panela de pressão para ver se os grãos estão macios.
Se estiverem. Reserve.
Em uma frigideira deite o óleo a cebola e o alho finamente cortados e a folha de louro, deixar refogar. Quando estiver refogado colocar na frigideira duas conchas de feijão sem caldo e refogar. Amasse com a colher e vire tudo para a panela de pressão deixe ferver por 5 minutos.

Farofa de Banana.
2 chávenas de farinha de mandioca
1 colher de sopa de manteiga
1 banana.
sal q.b.

Modo de fazer:
na frigideira em que refogou o feijão, coloque a manteiga, o sal e em seguida a farinha de mandioca, deixe ficar loura, corte a banana em rodelas e junte na frigideira.






Rabanada receada de doce de maça Autoria "Canela Moida!"

Ingredientes:
1 dl de água
1 litro de leite
15 carcaças/papo-seco com 2 dias
2 paus de canela
250 gr de açúcar
3 maçãs
3 ovos batidos
40 gr de manteiga
50 gr de passas (what? Não obrigada!)
açúcar e canela para polvilhar
raspa e casca de limão

Preparação:
Descasque as maçãs, retire-lhes o caroço e corte-as em meias luas finas. Leve-as ao lume, juntamente com a manteiga, passas, raspa de limão, pau de canela, 80 gr de açúcar e a água. Deixe cozinhar, sem tampa, mexendo de vez em quando, até as maçãs estarem brilhantes e sem líquido, mais ou menos 15 minutos. Retire do lume e reserve.
Ferva o leite com o restante açúcar, a casca do limão e o pau de canela. Retire a côdea às carcaças, mergulhe-as no leite, já morno (não deixo ficar muito morno senão não ensopa bem), até que fiquem bem ensopadas. Retire uma de cada vez e aperte-as com as mãos para libertar o excesso de líquido. Faça um corte central em cada uma, sem chegar à outra extremidade e recheie com a mistura de maçã. Molde em forma de bola para que o recheio fique bem escondido. Passe-as pelos ovos batidos e frite em óleo quente até ficarem douradas. Escorra-as em papel absorvente e, ainda quentes, passe-as por açúcar e canela.

Nota Comer Naturalmente:
Depois de tomar conhecimento da situação do Matias, fiquei "matutando": nos blogueiros somos os maiores culpados de não termos o adsense ou outro simular 100% nas nossas vidas.
Não estou dizendo que devemos clicar, clicar e clicar, sem parar e sem contextualização, mas na verdade quantas vezes nos olhamos para um anúncio no adsense, e pior ainda quantas vezes clicamos?
Passei pela pagina da Ameixinha e cliquei em um anúncio, era um anúncio do Custo Justo, li, gostei, e anunciei o meu próximo workshop.
A verdade é que se olharmos com mais atenção para o que esta a nossa volta se calhar, mas só se calhar pode valer a pena.
Passe pelo blog Canela Moída, vale muito a pena e se puder ajude o Matias precisa e merece!!!

sábado, 16 de janeiro de 2010

Quiabo refogado

Aqui sim eu estou na minha 7 quintas.
Verde, saboroso e nutritivo.



Ingredientes:
1 kg de quiabo
1/2 copo de água.
alho q.b.
cebola q.b.
azeite q.b.
sal. q.b.
ervas aromáticas q.b.


Modo de fazer:

Escolha os quiabos partindo o rabinho, se partir é porque esta fresco, se dobrar é porque já é fibroso

Ainda inteiros lave-os bem, tire a cabeça e corte em pedaços uniforme. No tacho grande coloque o azeite, o alho e a cebola cortados finamente e deixe refogar.
Coloque o quiabo cortado e deixe refogar por alguns minutos, depois coloque meio copo de água e deixe cozinhar.

ADORO!!!!

Notas: Para quem não gosta de quiabo melado, é basta pingar algumas gotas de limão e o melado some.